Tamanho do texto

Segundo patente da empresa, solução é possível pois os "caminhos de condução arterial de diferentes usuários quase nunca são idênticas"

Alguns celulares da Samsung já utilizam impressão digital e o leitor de íris para reconhecer usuários
shutterstock
Alguns celulares da Samsung já utilizam impressão digital e o leitor de íris para reconhecer usuários

Os sensores capazes de realizar o reconhecimento facial, de íris e de impressão digital são um grande avanço para os smartphones. No entanto, algumas fabricantes pretendem dar um passo adiante em seus sistemas de autenticação. Uma patente da Samsung indica que a empresa planeja identificar seus usuários por meio da pressão sanguínea.

Leia também: Snapchat permitirá que histórias sejam vistas por quem não usa a rede social

De acordo com o site Galaxy Club , que acompanha notícias da Samsung, a identificação poderia ser feita pelo dedo em smartphones ou pelo pulso e relógios inteligentes. A patente registrada em 2016 nos Estados Unidos indica que o reconhecimento pela pressão sanguínea é possível pois "os caminhos de condução arterial de diferentes usuários quase nunca são idênticos".

Relógios inteligentes poderiam usar sensor de pressão sanguínea para simplificar comprar pelo Samsung Pay
Reprodução
Relógios inteligentes poderiam usar sensor de pressão sanguínea para simplificar comprar pelo Samsung Pay

Leia também: Cansou de imagens de "bom dia" no WhatsApp? App do Google poderá te ajudar

Os dispositivos conseguiriam coletar dados sobre a pressão sanguínea e fazer a identificação por meio de padrões únicos para cada usuários. Segundo o site SamMobile , se o sensor funcionar de forma segura e confiável, os relógios inteligentes serão os principais beneficiados. Compatíveis com sistemas como o Samsung Pay , os aparelhos não precisariam exigir nenhuma etapa adicional para autenticar uma compra.

Em smartphones, o sistema poderia ser uma alternativa mais simples para os leitores de impressão digital. Vale lembrar que apesar de ter sido registrada, a patente não garante que a solução seja realmente liberada aos usuários. Isso porque questões técnicas e financeiras podem influenciar as decisões da Samsung.

Celular com tela dobrável

Outra patente revela os planos da companhia sul-coreana para a criação de um smartphone com tela dobrável. Conhecido como Galaxy X, o aparelho deverá ter tela de 7,3 polegadas com a mesma tecnologia das TVs dobráveis . Para permitir o movimento a bateria ficará na parte inferior e as caixas de som e os sensores, na parte superior do celular.

Leia também: Moto G5S se torna o smartphone mais procurado pelos usuários em janeiro

Os desenhos incluídos na patente indicam o interesse da Samsung em desenvolver um produto com tela e hardware que podem ser comprimidos. Apesar das informações presentes no documento, ainda não há confirmação sobre data de lançamento e valor do Galaxy X. O lançamento mais próximo é o  Galaxy S9, celular topo de linha que deverá ser apresentado em 25 de fevereiro durante a Mobile World Congresss (MWC) em Barcelona.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.