Tamanho do texto

Não tem os óculos de realidade virtual? Baixe o aplicativo Google Spotlight Stories no seu Android ou Apple. Essa plataforma disponibiliza os vídeos em 360º, também, e basta mexer o celular para se ‘movimentar’ pela área

Brasil Econômico

Confira a animação do doodle de pouco mais de dois minutos de duração
Reprodução
Confira a animação do doodle de pouco mais de dois minutos de duração

O doodle desta quinta-feira (3) lembra o aniversário de 106 anos do lançamento da película “A conquista do Polo”, homenageando um dos pioneiros do cinema e dos efeitos especiais da sétima arte, o ilusionista e cineasta francês Georges Méliès .

Leia também: Nada de print! Instagram lança função integrada com o Spotify para o Stories

O Google deve ter se perguntado como homenagear o precursor e a resposta foi desenvolver um doodle interativo de realidade virtual (VR) em 360º para que o internauta tenha uma experiência imersiva na animação de pouco mais de dois minutos. Nada mais justo, já que Méliès foi uma das primeiras pessoas a ‘enxergar’ as câmeras como veículos capazes de imergir as pessoas em uma história.

A imersão também acontece assistindo o curta pelo YouTube no desktop, já que neste vídeo, o internauta tem a sua disposição setinhas para que veja toda a produção em 360º.

Outra opção para assistir o vídeo é baixando o app Google Spotlight Stories no Android ou Apple. Essa plataforma disponibiliza os audiovisuais com ou sem os óculos de realidade virtual, basta mexer o celular para se ‘movimentar’ pela área em 360º.  

Leia também: Twitter admite que vendeu dados a pesquisador ligado ao escândalo do Facebook

Legado

 “A mágica de George Lucas [criador das franquias Star Wars e Indiana Jones ] e Steven Spielberg [diretor de filmes como Jurassic Park e produtor de De volta para o futuro ] hoje não poderia ter sido possível sem o desenvolvimento das técnicas de Méliès através de maquinário teatral, pirotecnia, efeitos ópticos, quedas horizontais e verticais, paradas de câmera, sobreposições, conjuração, edição de efeitos e efeitos de cor no filme”, explicou Laurent Manonni, Diretor de Patrimônio da Cinémathèque Française, sobre Méliès e seu impacto no mundo do cinema.

Leia também: Nova versão do Android substitui emoji de arma de fogo por pistola d'água

Manonni ainda conta que a contribuição do cineasta francês foi revolucionária na medida em que os curtas produzidos no início do século XX eram quase que exclusivamente em estilo documentário, e que foi Méliès quem levou a criação para um nível mais lúdico de sonho, magia e ficção. Já conferiu o doodle ?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.