Tamanho do texto

Medida visa combater fraudes na utilização do bilhete que dá acesso a ônibus, metrôs e trens em SP; 30 de setembro é data limite para bloqueio

Bilhete único arrow-options
Fotos Públicas
Bilhete Único emitido antes de 2014 pode ter crédito bloqueado neste mês em São Paulo

A SP Trans informou nesta quarta-feira (4) que os usuários do transporte público paulista que tiraram o Bilhete Único antes de 2014 e estão com crédito do tipo comum superior a R$ 43 têm até o final de setembro para utilizá-los.

Leia também: Como usar o Street View dentro do Google Maps no Android

Segundo o serviço, a medida anunciada pelo governo de  Bruno Covas (PSDB) visa combater fraudes na utilização do bilhete que dá acesso a ônibus, metrôs e trens em São Paulo. Após 30 de setembro, caso o valor disponível do tipo comum seja superior a R$ 43, será feito bloqueio dos créditos.

A SP Trans pontua, porém, que o bloqueio será somente dos créditos do tipo comum, e não do cartão e outros serviços. Caso o usuário tenha crédito comum superior a R$ 43 e não gaste a quantia até o final do mês, esse crédito excedente será bloqueado, mas os créditos do Vale-Transporte podem seguir sendo usados normalmente.

Caso tenha crédito bloqueado, será preciso se cadastrar no site  http://bilheteunico.sptrans.com.br/  para reaver a quantia. Após conclusão e aprovação da foto, o novo cartão deverá ser retirado em um dos terminais de ônibus municipais. A SP Trans garante que o usuário poderá fazer a restauração dos créditos remanescentes em até 72 horas. Caso não devolva o cartão antigo, porém, será cobrada uma tarifa equivalente a sete tarifas, de R$ 30,10.

Leia também: Seguindo os passos do Instagram, Facebook pode parar de exibir likes na rede

Deve trocar o Bilhete Único , segundo a SP Trans, quem utiliza somente crédito comum, quem não tem créditos vale-transporte, quem emitiu o cartão antes de 2014 ou tem cartão anônimo e quem não usará o excedente do limite de R$ 43 do tipo comum até 30 de setembro deste ano.