Tamanho do texto

Pode ser que em breve exista um carro movido a energia solar que rode para sempre. Ele será desenvolvido combinando painéis solares e baterias super eficientes.

Olhar Digital

carro arrow-options
Divulgação/Toyota
Em parceria, Toyota desenvolve carro movido a energia solar.


Um projeto audacioso da Toyota, Sharp Corp., New Energy e da Organização de Desenvolvimento de Tecnologia Industrial do Japão (NEDO), promete revolucionar o transporte. Isso porque as empresas planejam criar um veículo movido a energia solar que pode funcionar para sempre.

Para que isso seja possível, as empresas querem juntar os melhores painéis solares , baterias supereficientes e décadas de experiência na fabricação de carros para criar o automóvel perfeito.

"A vantagem de um carro solar é que, embora não tenha grande autonomia, é realmente independente das estações de carregamento", disse Koji Makino, gerente de projetos da Toyota. Levando isso em conta, o veículo idealizado pelas empresas contém painéis solares distribuídos por toda a sua extensão para que as baterias sejam carregadas durante seu uso.

Leia também: Pai e filho constroem uma Lamborghini usando impressora 3D

Mesmo que os carros elétricos ultrapassem outros veículos nas vendas, eles ainda precisam ser conectados para que suas baterias sejam carregadas, o que significa construir uma rede de estações de carregamento em diversos locais.

O sol, por outro lado, brilha em todos os lugares de graça e, quando essa energia é combinada com a capacidade de bateria suficiente para impulsionar esses veículos durante a noite, os carros movidos a energia solar podem ultrapassar as novas tecnologias de energia que estão sendo desenvolvidas.

O futuro dos carros movidos a energia solar

Mas a previsão atual é que essa tecnologia demore um pouco para chegar ao mercado, porque ainda há trabalho para atingir esse nível de eficiência. "Essa não é uma tecnologia que veremos amplamente utilizada nas próximas décadas. Vai levar muito tempo", disse Takeshi Miyao, analista de automóveis do site Carnorama.

A Toyota está testando um Prius movido a energia solar desde julho, mas reconhece que carros que circulam sem parar para recarregar ainda estão longe. Mesmo assim, a empresa disse que continua pensando em um veículo com essa tecnologia.

Leia também: Uber vai retomar testes com carros autônomos após se envolver em acidente fatal

De fato, houve alguns avanços nos painéis de energia solar por parte da Sharp. O painel solar que a Toyota planeja implementar no protótipo converte a luz do sol em energia elétrica com um nível de eficiência superior a 34%, em comparação com cerca de 20% dos painéis disponíveis atualmente.

De acordo com Mitsuhiro Yamazaki, da NEDO, se o carro for usado por 50 quilômetros por dia durante quatro dias, não haveria a necessidade de conectá-lo a uma tomada para que ele rode o restante da semana.

A principal aposta da Toyota é a de lançar esse veículo em locais onde o clima ensolarado predomina - como a Califórnia e o oeste da China. Entretanto, a NEDO estuda formas para que ele seja introduzido em outros mercados onde o sol não é tão presente.

Leia também: Avião movido a energia solar faz trajeto pelos EUA

Concorrentes diretos

Se o Prius movido a energia solar puder ser fabricado, ele poderá competir com fabricantes estabelecidos, como a Hyundai e startups como a Karma Automotive e a Lightyear. O Lightyear One é um carro elétrico de luxo, vendido ao valor de US$ 170 mil (aproximadamente R$ 700 mil) que, segundo seus desenvolvedores, pode ser dirigido por 800 quilômetros com uma única carga.