Tamanho do texto

Recurso "restringir" é usado em comentários e mensagens inapropriadas

Como forma de combater o bullying e casos de assédios, a plataforma do Instagram criou uma ferramenta em que usuário poderá limitar os comentários e mensagens de pessoas indesejadas no aplicativo.

instagram arrow-options
Reprodução/ Facebook
Para combater o bullying, Instagram criou ferramenta para restringir assediadores

Leia também: GIF malicioso pode invadir seu WhatsApp; saiba como se proteger

Com o nome de “restringir”, o usuário que for bloqueado não saberá que está no modo restrito. “O bullying é uma questão complexa que muitos jovens enfrentam dentro e fora das redes, mas, muitas vezes, acabam não denunciando ou bloqueando colegas e pessoas que os intimidam”, disse a assessoria do Instagram para a imprensa.

Para utilizar é bem simples. Você pode deslizar para a esquerda em um comentário, ir até a área de privacidade de sua conta ou do perfil do outro usuário e clicar no item “restringir”. Aparecerá uma mensagem com a descrição da ferramenta . Veja exemplo abaixo:

instagram arrow-options
Montagem iG
A ferramenta "restringir" é fácil de ser habilitada

Leia também: Apple diz que cobra "menores preços possíveis" por produtos

A restrição pode ser retirada e, neste caso, os comentários e mensagens voltarão a ser visualizadas. A ideia do Instagram é que novas iniciativas contra o bullying cheguem no aplicativo no futuro. Curtiu?

    Leia tudo sobre: instagram aplicativo