Tamanho do texto

A empresa de cibersegurança Kaspersky encontrou uma vulnerabilidade no Google Chrome, que já disponibilizou a correção; saiba como se proteger da falha

hacker arrow-options
Unsplash
Google Chrome apresenta falha


Uma vulnerabilidade foi encontrada no Google Chrome pela empresa de cibersegurança Kaspersky . A falha presente no navegador foi nomeada como CVE-2019-13720, e já tem correção disponibilizada pela Google

A vulnerabilidade tratava-se de uma zero day , que são falhas não conhecidas em software , mas que podem ser exploradas por criminosos. Nesse caso, a falha era utilizada para injetar códigos maliciosos através de um portal de notícias coreano. 

Leia também: Hacker invade câmera Google Nest e ameaça sequestrar bebê

O código malicioso ficava hospedado na página principal do portal, que carregava um programa de identificação para um servidor remoto. Assim, os criminosos analisavam se o sistema da vítima poderia ser infectado através da versão utilizada no navegador. Depois disso, o ataques explorava a vulnerabilidade no Google Chrome para checar a versão e, então, executava códigos maliciosos nos computadores das vítimas. 

Como se proteger

Depois de ser informada da falha pela Kaspersky, a Google desenvolveu uma correção para a vulnerabilidade . Para se proteger de ataques como esse, é importante instalar a correção da empresa no seu Google Chrome . Para isso, atualize seu navegador para a versão mais recente. 

Leia também: Teste mostra que é fácil roubar dados via Google Home e Alexa; assista

Para atualizar seu Google Chrome , clique nos três pontinhos no canto direito superior da tela. Depois, vá em “Ajuda” e clique em “Sobre o Google Chrome”. Lá, estará disponível a versão do seu navegador e, caso haja uma mais recente, a atualização será feita. Por fim, é só reiniciar o Google Chrome. 

Além disso, é sempre importante manter um antivírus atualizado em sem computador, para ajudar a manter a segurança .