WhatsApp arrow-options
shutterstock
Saiba como se proteger da clonagem do WhatsApp


A clonagem do WhatsApp se tornou um dos golpes mais comuns envolvendo o aplicativo de mensagens. A fraude já circula no mensageiro há alguns meses, mas muita gente ainda tem se tornado vítima. 

É o caso de alguns clientes da agência de mídias sociais MF Press Global. O CEO da empresa, Fabiano de Abreu, começou a receber mensagens de criminosos se passando por seus clientes. Confira uma das conversas abaixo:

WhatsApp arrow-options
Divulgação / MF Press Global
Conversa com criminoso passando por amigo da vítima


Como funciona a clonagem

Os criminosos começam a ação em plataformas de compra e venda online, como Mercado Livre e OLX . Lá, eles têm acesso aos números de celular de alguns anunciantes, e é a partir disso que o golpe se inicia. 

Leia também: Criminosos clonam WhatsApp com facilidade; saiba como evitar

Os criminosos entram em contato com essas pessoas, se passando por alguém da equipe de atendimento desses sites. Eles dizem que, para a manutenção do anúncio, é preciso que a pessoa passe um código que chegará via SMS

Ao mesmo tempo, os criminosos tentam logar no WhatsApp através do número da pessoa. Como verificação, o aplicativo de mensagens envia um código via SMS (sem posse dele, o criminoso não consegue finalizar a clonagem). Quando o código chega, a vítima o passa para o fraudador, que finaliza a clonagem. 

Quando a conta do WhatsApp é instalada no celular do golpista, ela deixa de funcionar no celular da vítima. Ou seja, a pessoa fica sem sua conta no mensageiro e o criminoso passa a controlá-la. Com WhatsApp em mãos, ele envia mensagens a amigos e familiares da vítima, pedindo dinheiro emprestado via transferência bancária. 

Leia também:Golpe do emprego falso cresce 174% este ano; aprenda a se proteger

Como não cair no golpe

Para não cair no golpe da clonagem do WhatsApp , siga as dicas abaixo:

  • Nunca passe um código de verificação para outra pessoa por telefone. Empresas como OLX e Mercado Livre não fazem esse tipo de solicitação;
  • Ative a verificação em duas etapas no WhatsApp, com a qual você cria uma senha de proteção à sua conta. Sem ela, o criminoso não conseguirá efetuar a clonagem, mesmo com o código de verificação em mãos. Para ativar o recurso, vá em Configurações>Conta>Confirmação em duas etapas>Ativar. 

Caso você receba uma mensagem de amigo ou familiar pedindo dinheiro emprestado, ligue para ele para confirmar se não se trata deste golpe. 

Leia também: WhatsApp é a principal fonte de informação de 79% dos brasileiros

Caí no golpe, e agora?

Se você já se tornou vítima do golpe da clonagem , é importante seguir alguns passos para proteger você e seus conhecidos:

  • Avise seus amigos e familiares (principalmente aqueles com quem você mais conversa no WhatsApp) de que sua conta foi clonada e que eles não devem acreditar caso alguém se passe por você pedindo dinheiro;
  • Entre no WhatsApp com seu número de telefone e confirme o código de 6 dígitos que você receber via SMS. Assim, qualquer outra pessoa que estiver acesso à sua conta será desconectado automaticamente;
  • Bloquear o acesso do criminoso não significa que seu acesso estará restaurado. Se não conseguir recuperar sua conta no WhatsApp através do aplicativo, entre em contato com o suporte da plataforma através do email support@whatsapp.com;
  • Faça um boletim de ocorrência do caso, dando todas as informações que tiver sobre o criminoso.

    Veja Também

      Mostrar mais