Netflix
Unsplash/freestocks.org
Netflix doa R$5 milhões a fundo emergencial


A Netflix anunciou na terça-feira (14) que irá doar R$5 milhões para ajudar trabalhadores brasileiros do setor audiovisual que enfrentam dificuldades durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). A iniciativa é uma parceria com o Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros (ICAB).

O fundo beneficiará 5 mil trabalhadores com o pagamento de um salário mínimo (R$1.045). O valor faz parte dos US$100 milhões que a Netflix está distribuindo durante a pandemia em todo o mundo, e o Brasil foi um dos países selecionados porque, segundo a empresa, há uma grande base de produção da plataforma por aqui. 

Leia também: Serviços de streaming diminuem qualidade para não sobrecarregar rede de internet

“A comunidade criativa brasileira sempre recebeu muito bem a Netflix e agora queremos fazer nossa parte para ajudar quem precisa de apoio neste momento sem precedentes que vivemos”, disse Francisco Ramos, vice-presidente de produções para América Latina da Netflix.

O ICAB , que gerencia o fundo para o qual a Netflix doou a quantia, espera que outras empresas da indústria audiovisual possam contribuir, a fim de beneficiar mais pessoas. “Também queremos convocar outros membros da indústria audiovisual para contribuir e aumentar os recursos que visam exclusivamente apoiar aqueles que são uma parte fundamental da produção audiovisual brasileira”, disse Mauro Garcia, diretor-executivo do ICAB.

Quem pode se beneficiar

A ajuda será paga a trabalhadores do setor audiovisual , como produtores, assistentes, técnicos e operadores de câmera, maquiagem, logística e figurino. Na maior parte dos casos, esses profissionais costumam receber por semana, sem terem contratos fixos. 

As inscrições para receber o benefício começam no dia 28 de abril, através de um formulário online no site do ICAB, e se estenderão por dois meses ou até se esgotarem os recursos. Um comitê formado pelo ICAB, pela Netflix e pelo Brasil Audiovisual Independente (BRAVI) definirão quem pode receber os recursos, que devem chegar em até 10 dias.

    Veja Também

      Mostrar mais