Philco HIT
Dimítria Coutinho
Philco HIT é o primeiro smartphone da marca


Nesta semana, a Philco apresentou seu primeiro smartphone . Chamado de Philco HIT , o celular se posiciona como intermediário e aposta em bom processamento e bateria duradoura. Na loja oficial da marca, ele foi lançado custando R$999,90, mas é possível encontrar preços melhores em varejistas. Colocamos as mãos no novo modelo e te contamos tudo o que você precisa saber sobre ele. 

Design

O primeiro ponto que analisamos em um smartphone é o design, e o Philco HIT não parece tão moderno. A parte frontal do aparelho ainda conta com uma barra superior e uma inferior à tela mesmo sem a presença de botões, estética já tem sido abandonado por grande parte das fabricantes. Além disso, o modelo é um pouco mais grosso que o padrão. 

Apesar da estética levemente démodé e do mau aproveitamento da relação corpo x tela, o Philco HIT é bastante confortável nas mãos. O tamanho pequeno e o formato arredondado fazem com que o celular se encaixe perfeitamente, sendo fácil de manusear. 

Philco
Dimítria Coutinho
Philco HIT tem bordas nas partes inferior e superior da tela


Outro ponto positivo é a localização do sensor de impressão digital na parte traseira do dispositivo. No meio do corpo do celular, ele é facilmente alcançado pelo dedo indicador, tanto para destros quanto para canhotos, sem a possibilidade de esbarrar nas lentes das câmeras

Leia também: Redmi Note 8 da Xiaomi tem câmera boa e preço justo, confira a análise

E por falar em sensor de impressão digital, o desbloqueio feito por ele é bem rápido, um ponto positivo para a categoria. Além disso, o Philco HIT também traz a opção de desbloqueio facial , igualmente ágil. 

Software e interface

Depois de desbloqueado, o usuário dá de cara com uma interface bastante limpa e fácil de mexer no Philco HIT. Existe uma personalização feita pela fabricante, mas tudo se parece bastante com o Android puro , com exceção dos ícones mais quadrados. 

Rafael Sczcepanik, coordenador de engenharia e desenvolvimento de produtos da Philco , conta que a ideia foi realmente mexer o mínimo possível no Android , tornando a interface mais simples. Ele diz que a Philco optou, ainda, por não inserir muitos aplicativos próprios para não comprometer a memória dos celulares. “A customização é nossa, mas seguimos para um produto limpo. [A inclusão de aplicativos] fica muito a caráter do usuário, a gente preferiu entregar algo mais puro e com mais desempenho”, explica. 

Leia também: A partir de R$ 967, compare Motorola G8 Play, G8 Plus e One Macro

Uma decepção, porém, é que o smartphone foi lançado com a versão 9 do Android. A explicação da Philco é de que o modelo foi projetado no ano passado, e a promessa é de que a atualização para o Android 10 chegue em breve. 

Hardware e câmeras

A grande aposta da Philco para esse lançamento é um bom processamento para uma faixa de preço mais baixa. O celular vem equipado com um processador octa-core e 4GB de memória RAM, o que garante um bom desempenho, sobretudo comparado aos demais smartphones da categoria. 

Além disso, a memória de armazenamento é de 64GB e a bateria é de 4.000 mAh, com a promessa de até dois dias de duração, dependendo do uso. 

O conjunto de câmeras traseiras é formado por duas lentes, uma com 13MP e outra com 2MP, que permite o ajuste de profundidade de campo. A câmera frontal tem 5MP. Durante os testes que realizamos, ambas se saíram bem, mas não de forma extraordinária. Outros smartphones da categoria possuem câmeras mais potentes, por exemplo. 

Philco
Dimítria Coutinho
O smartphone tem um conjunto de duas câmeras traseiras


Sobre isso, Rafael explica que esse modelo é focado em um público que preza mais pelo bom desempenho do que por boas fotos. E é verdade: no mercado, é fácil encontrar celulares com conjuntos de câmeras melhores que o do Philco HIT , mas os 4GB de memória RAM, por exemplo, são um destaque do smartphone que dificilmente se encontra em celulares da mesma faixa de preço. 

Leia também: Vem Xiaomi por aí! Dois celulares da chinesa são homologados pela Anatel

“É um produto com uma boa câmera, a gente sempre tem aperfeiçoamento via software também”, justifica Rafael. “É claro, o foco desse modelo fica um pouco mais com relação a desempenho de bateria, memória, processador”, continua.

Philco não quer parar

Além do Philco HIT , a empresa pretende lançar, nos próximos meses, outros dois modelos da mesma linha: o Philco HIT Plus e o Philco HIT Max. Com as novas versões, a marca pretende melhorar tanto a estética quanto as câmeras. 

Em protótipos mostrados para a imprensa, a Philco revelou um design com notch e sem bordas na parte frontal do dispositivo, que será disponibilizado nas cores cinza e rosa. Além disso, os novos modelos virão com Android 10 , e a promessa é de que o conjunto de câmeras seja evoluído e de que a capacidade de processamento aumente. 

Leia também: Com iPhone SE, fãs de Android estão migrando para o iOS, diz Tim Cook

Os novos modelos parecem vir mais prontos, de forma a se tornarem competidores mais fortes no mercado já que, apesar do bom desempenho e autonomia, o Philco HIT padrão ainda não parece tão moderno no que diz respeito às câmeras e ao design. 

Especificações do Philco HIT

  • Processador: Octa-Core A55, 1.6GHz +1.2GHz
  • Android: 9.0 
  • Dual SIM
  • Memória interna: 64GB
  • Memória RAM: 4GB
  • Compatível com cartão Micro SD de até 128 GB
  • Tela: 5.45”, HD+, IPS
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Câmera traseira: 13MP+2MP
  • Câmera frontal: 5MP

    Veja Também

      Mostrar mais