Amazon
Unsplash/Christian Wiediger
Amazon Web Services terá novos serviços espaciais


A Amazon anunciou que vai levar seu serviço de armazenamento em nuvem para o espaço. A Amazon Web Services (AWS), responsável por guardar informações de diversas empresas no mundo todo, terá um novo segmento de negócios dedicado ao setor aeroespacial e de satélites. 


O novo segmento, chamado Aerospace and Satellite Solutions, vai levar as soluções da AWS para o espaço em quatro funções principais, informou Teresa Carlson, vice-presidente da Amazon Web Services global, em um artigo. 

A novidade irá mudar as arquiteturas de sistemas espaciais, transformar empreendimentos, oferecer soluções para apoiar missões no espaço e lançar serviços para processar dados espaciais na Terra e em órbita.

A empresa não deu mais detalhes de serviços específicos que serão oferecidos pela AWS, mas Teresa usou exemplos de tecnologias já existentes para mostrar do que a Amazon é capaz. 

"O AWS Ground Station, serviço integralmente gerenciado pelo qual proprietários e operadores de satélites têm acesso às suas cargas de trabalho espaciais, dá uma ideia de como podem ser essas soluções inovadoras. Permitir que os clientes façam o downlink de dados e controlem satélites entre diversas regiões com velocidade, agilidade e baixo custo significa que os operadores de satélites não precisam possuir e gerenciar infraestruturas de estação fixa duplicadas. O AWS Ground Station já é usado pelo Jet Propulsion Lab (JPL) da NASA e muitos outros clientes", afirma.

Para ela, tornar soluções espaciais mais acessíveis financeiramente é muito importante para os avanços da ciência. "A AWS está pronta para ajudar a derrubar os limites da comunicação do espaço com a Terra e reimaginar a forma como empresas de todo o planeta acessam, operam, exploram e descobrem o espaço para construir um mundo melhor".

    Veja Também

      Mostrar mais