Uber
shutterstock
Uber passa a pedir documento dos passageiros

A Uber anunciou, nesta quinta-feira (3), que poderá pedir o documento de passageiros que socilitarem corridas em dinheiro. Além disso, a empresa também adiciona outras medidas de segurança à plataforma, como gravação de áudios das corridas e checagem do uso de máscaras de proteção. 

O objetivo do aplicativo ao solicitar documentação é evitar golpes e assaltos sofridos por motoristas. O RG ou CNH será pedido pela plataforma apenas para novos usuários que não possuem outros dados cadastrados no aplicativo. 

Os documentos serão validados diretamente no aplicativo, em um sistema que existe desde 2019 no Chile, mas chegou agora ao Brasil. Depois de solicitar a corrida, uma tela para enviar uma foto da documentação aparecerá no app. Caso não tenha RG ou CNH em mãos, o passageiro terá que solicitar a corrida através de métodos digitais de pagamento. 

Mais medidas de segurança na Uber

Além da novidade em relação à documentação, outros dois recursos de segurança começam a funcionar. Um deles é a gravação de áudio durante a corrida, que pode ser solicitada tanto pelo passageiro quanto pelo motorista. 

Ao fim da gravação, o aplicativo pergunta se está tudo bem. Caso o usuário selecione que não, um incidente será denunciado e o áudio será enviado à equipe da Uber. 

A empresa esclarece que os áudios são armazenados de forma criptografada no celular, e que só são ouvidos pela Uber se uma das partes relatar algum problema.

Outra novidade, dessa vez relacionada à pandemia de Covid-19 , é a checagem do uso de máscaras. O recurso já existia para motoristas e, agora, engloba também passageiros. 

Sempre que um motorista denunciar que um passageiro não estava usando máscara, este terá que enviar uma foto no aplicativo da próxima vez que pedir uma corrida. Essa última novidade, porém, só deve chegar ao Brasil nos próximos meses.

    Veja Também

      Mostrar mais