clonagem do WhatsApp
Ink Drop/Shutterstock
Clonagem do WhatsApp continua crescendo no Brasil

No mês de setembro, 473 mil brasileiros tiveram suas contas no WhatsApp clonadas, de acordo com levantamento e projeção do dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital da PSafe. O número é 25% maior do que o registrado no mês anterior, e representa mais de 15 mil vítimas por dia.

No Brasil, o estado que mais sofre com a fraude digital é São Paulo, que teve 107 mil ataques em setembro. Depois, estão o Rio de Janeiro, com 60 mil, e Minas Gerais, com 43 mil.

Clonagem do WhatsApp

A clonagem do WhatsApp se tornou um golpe muito comum aqui no Brasil. Nele, os criminosos tomam o controle da conta da vítima e, em seguida, entram em contato com amigos e familiares para pedir dinheiro. 

Para tomar o controle da conta, porém, os golpistas precisam do número do celular da vítima e do código de autenticação do WhatsApp . Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, explica que isso é obtido através de uma estratégia conhecida como Engenharia Social .

"A Clonagem de WhatsApp é um golpe que começa com a Engenharia Social, um método de ataque em que uma pessoa mal-intencionada faz uso da manipulação psicológica para induzir alguém a realizar ações específicas, como compartilhar informações pessoais, baixar aplicativos falsos ou abrir links maliciosos. No caso da clonagem, o cibercriminoso pede especificamente os dados pessoais, número de celular e o código de confirmação que dá acesso ao WhatsApp da vítima", explica. 

Geralmente, os golpistas já têm o número da vítima e ligam para ela fingindo ser outra pessoa para conseguir o código de autenticação do WhatsApp. Com a disseminação da fraude e o aumento do cuidado das pessoas, os criminosos têm se tornado mais criativos , inventando histórias e situações diferentes a cada golpe para obter o código que libera o acesso ao WhatsApp.

Como se proteger

Confira abaixo algumas dicas para não ter o seu WhatsApp clonado:

  • Ative a "confirmação em duas etapas" no WhatsApp. Ela permite que você crie uma senha para proteger seu aplicativo. Assim, mesmo se o criminoso tiver o seu código de autenticação, ele não consegue te clonar sem essa segunda senha. Para ativar no seu WhatsApp, vá em: Configurações > Conta > Confirmação em duas etapas;
  • Nunca compartilhe com terceiros o código de autenticação do seu WhatsApp, que chega por SMS. 
  • Desconfie sempre de ligações ou contatos urgentes demais, que solicitam esse código.

Se você já teve o seu WhatsApp clonado , porém, veja como reverter a situação:

  • Entre no WhatsApp com seu número de telefone e confirme o código de 6 dígitos que você receber via SMS. Assim, qualquer outra pessoa que estiver acesso à sua conta será desconectado automaticamente;
  • Avise amigos e familiares que sua conta foi clonada, para que eles não acreditem caso alguém tente se passar por você na plataforma;
  • Se não estiver conseguindo ter o acesso à sua conta do WhatsApp , entre em contato com o suporte do aplicativo através do email: support@whatsapp.com;
  • Faça um boletim de ocorrência sobre o roubo da conta.

    Veja Também

      Mostrar mais