TikTok será processado no Reino Unido
Unsplash/Kon Karampelas
TikTok será processado no Reino Unido

Uma menina de 12 anos do Reino Unido planeja processar o TikTok por "perder o controle" na coleta e armazenamento de dados pessoais dos usuários. Ela irá mover uma ação de indenização contra seis empresas responsáveis pelo aplicativo de vídeos curtos e seu antecessor, o Musical.ly . A garota também pede a exclusão dos seus dados. As informações são da Sky News.

De acordo com o veículo, uma decisão da Suprema Corte do país, publicada nesta quarta-feira (30), revela o que diz a ação movida pela menina, que não foi identificada por questões de segurança. O texto alega que as empresas "usaram indevidamente as informações privadas do reclamante e processaram os dados pessoais do reclamante" violando as leis de proteção de dados da União Europeia e do Reino Unido.

Além do processo de indenização em questão, é possível que o TikTok enfrente outros desafios legais no país. A Comissária das Crianças da Inglaterra, Anne Longfield, se manifestou dizendo que pretender realizar uma ação representativa em nome de todos os menores de 16 anos que utilizam o TikTok.

De acordo com os advogados da menina, o TikTok estaria processando os dados pessoais de crianças em desacordo com a lei, a fim de "obter receita de publicidade de clientes corporativos".

"Os dados pessoais em questão são usados ​​em um algoritmo que analisa as preferências do usuário a fim de adaptar o conteúdo apresentado a eles para capturar e manter sua atenção", disse um dos advogados. Ainda na argumentação, foi dito que muitas crianças usam o TikTok , mesmo que o aplicativo seja proibido para menores de 13 anos.

Nenhuma decisão sobre o caso foi tomada por enquando, e o TikTok ainda não se posicionou oficialmente sobre o assunto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários