Tidal é comprada por empresa de Jack Dorsey
Divulgação/Tidal
Tidal é comprada por empresa de Jack Dorsey

A processadora de pagamentos digitais Square , de Jack Dorsey , CEO do Twitter , anunciou nesta quinta-feira (4) a compra do streaming de música Tidal . A empresa foi adquirida pelo rapper Jay-Z em 2015, e tem outras celebridades entre os sócios, como Beyoncé, Madonna, Rihanna e Calvin Harris.

O Tidal foi comprada por Dorsey por US$ 297 milhões, ou R$ 1,6 bilhão em conversão direta. Em 2015, Jay-Z havia pago US$ 59 milhões na empresa, que já tem 70 milhões de músicas e 250 mil vídeos, além de podcasts originais.

Concorrente do Spotify , a vantagem da plataforma de streaming controlada por artistas é a exclusividade. Em 2016, por exemplo, o álbum Lemonade, de Beyoncé , foi lançado no Tidal antes de qualquer outro serviço digital.

Como parte do acordo, Jay-Z passa a ser membro do conselho de diretores da Square, que agora detém o Tidal . "Jack é uma das maiores mentes de nossos tempos, e nossas muitas discussões sobre as possibilidades infinitas do TIDAL me deixaram ainda mais inspirado sobre seu futuro", escreveu Jay-Z no Twitter.

Dorsey disse que o Tidal vai continuar trabalhando junto com artistas para aumentar sua base. "O TIDAL começou com a ideia de homenagear os artistas por ser de propriedade e liderada por artistas, com foco em uma experiência descomprometida da arte. É revigorante e certo. A visão fica mais forte à medida que é combinada com ferramentas mais poderosas para os artistas", escreveu, também em sua conta no Twitter.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários