Acesso à internet ainda é limitado no Brasil
shutterstock
Acesso à internet ainda é limitado no Brasil



Em 2019, 39,8 milhões de brasileiros não tinham conexão à internet , número que representa 21,7% da população pesquisada, acima de 10 anos. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE ), e fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad C), com levantamento feito no 4º trimestre de 2019.

A análise dos últimos anos mostra um crescimento no acesso à internet , embora a taxa ainda seja baixa. Em 2016, 64,7% da população estava conectada, número que subiu para 69,8% em 2017, para 74,7% em 2018 e alcançou 78,3% em 2019.

Dentre as pessoas sem acesso em 2019, 43,8% disse que não sabia usar a internet, e 31,6% afirmou não ter interesse; 11,9% disse que a internet era muito cara, assim como 6,1% disseram que os equipamentos, como celulares e computadores , eram muito caros.

O Nordeste é a região do país com menor índice de conexão à internet, e o Centro-Oeste é onde mais pessoas estão conectadas. Veja a taxa de pessoas sem acesso à internet em cada região:

Você viu?

  • Centro-oeste: 15,4%
  • Sudeste: 16,2%
  • Sul: 18,2%
  • Norte: 30,8%
  • Nordeste: 31,4 %

Principais dispositivos

Em todo o país, o celular continua sendo o principal dispositivo que as pessoas usam para se conectar à internet. De 2018 para 2019, a taxa de domicílios com computador caiu de 41,7% para 40,6%.

O número de pessoas com celular é bastante diferente em zonas urbanas e em zonas rurais. Na cidade, 84,4% dos brasileiros têm celular; no campo, 59,3%. Dentre as pessoas sem celular , 27,7% disseram que ele era caro, 22,6% alegaram falta de interesse, 21,9% disse que não sabia usar, e 16,4% afirmou usar o celular de outra pessoa.

Conectividade

A banda larga móvel é a maior forma de conectividade no Brasil. Dentre os domicílios com acesso à internet, 81,2% têm acesso à banda larga móvel ( 3G/4G ), enquanto 77,9% têm acesso à banda larga fixa.

Na região Norte, há uma forte predominância pela internet móvel, enquanto a internet fixa lidera no Nordeste:

  • Norte: fixa 55% / móvel 88,6%
  • Nordeste: fixa 80,4% / móvel 63,8%
  • Centro-oeste: fixa 77,3% / móvel 87,1%
  • Sudeste: fixa 79% / móvel 87,5%
  • Sul: fixa 81% / móvel 82,4%

Estudantes

Quando o assunto é educação , 98,4% dos estudantes de escolas privadas tinham acesso à internet em 2019, contra 83,7% dos alunos de escolas públicas. Em todas as regiões do Brasil, o uso da internet por alunos de escolas particulares ficou acima de 95%, mas a variação referente aos alunos de unidade públicas mostra desigualdade:

  • Norte: 68,4%
  • Nordeste: 77%
  • Centro-oeste: 88,6%
  • Sul: 90,5%
  • Sudeste: 91,3%

Dentre os estudantes que não tinham celular em 2019, 91% eram da rede pública de ensino.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários