Android coleta dados de localização dos usuários
Unsplash/Denny Müller
Android coleta dados de localização dos usuários

O Google foi condenado, nesta sexta-feira (16), por um tribunal da Austrália . A Justiça do país determinou que a gigante de tecnologia enganou os consumidores ao coletar dados de localização em celulares com sistema operacional Android . As informações são da Agência France Presse (AFP).

O tribunal decidiu que o Google violou as leis dos consumidores da Austrália ao coletar os dados mesmo quando os usuários não queriam. De acordo com a decisão, a empresa não deixou claro que permitir o rastreamento de atividades de aplicativos e de internet em smartphones Android também significava dar permissão para coletar dados de localização.

A ação contra o Google foi apresentada pela Comissão Australiana de Concorrência e do Consumidor (ACCC, na sigla em inglês), que disse que a setença é "pioneira no mundo" a respeito do tema.

"Trata-se de uma importante vitória para os consumidores, especialmente aqueles preocupados com sua privacidade na internet, e a decisão do tribunal envia uma mensagem contundente ao Google e outras empresas de que as grandes companhias não devem enganar seus clientes", disse o presidente da ACCC, Rod Sims, à AFP.

O Google recorreu da decisão, argumentando que o tribunal rejeitou alegações gerais da ACCC e tomou sua decisão sobre uma classe definida de usuários dos serviços.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários