Redes sociais são palco para diversas discussões, mas elas podem ser saudáveis
Unsplash/dole777
Redes sociais são palco para diversas discussões, mas elas podem ser saudáveis

Depois de alguns conflitos entre seus seguidores no Instagram , o desembargador federal William Douglas decidiu criar algumas regras para que as conversas fluam de maneira mais saudável na sua página. Dentre as dicas, estão ouvir mais as outras pessoas e brigar menos.

Se nas redes sociais os conflitos, sobretudo políticos, são constantes, na página de William as coisas são diferentes. O desembargador conta que tem realizado, há tempos, um "trabalho de formiguinha", respondendo a comentários grosseiros e estimulando o diálogo em sua página.

Isso fez com que os próprios seguidores entendessem que ali é um espaço de diálogo, e não de briga. "Os próprios frequentadores já ajudam a fazer a moderação na página", conta William, que pretende alcançar um "padrão mais civilizado" de conversa no Instagram .

Foi justamente por seus seguidores já estarem acostumados com esse padrão que as regras publicadas por ele nesta segunda-feira (26) estão sendo bem recebidas. Confira as dicas do desembagador para uma conversa saudável no Instagram:

  1. Ofensas, termos pejorativos e deboche são proibidos;
  2. Palavras soltas e acusações genéricas devem ser evitadas;
  3. Argumentos, fatos e expressões de pensamento expostas de forma educada estão autorizados;
  4. Pedir desculpas e fazer as pazes sempre que houver um conflito é fundamental;
  5. Respeitar a liberdade religiosa, política e de opinião é essencial.

"Esta página equivale a você estar na mesa comigo e com outros amigos meus. É como se estivéssemos no meu quintal batendo papo. Ninguém será ofendido debaixo do meu teto", escreveu William na publicação.

O desembargador conta que seu público é muito diverso, inclusive com pessoas com posicionamento político de direita e de esquerda. Ele concorda que isso leva a possíveis conflitos, mas afirma que eles podem ser saudáveis. "Minha página não é uma página de bolha , então gera conflitos tendo interação de bolhas, o que eu acho que é bom", afirma. Para ele, se dicas como essas fossem aplicadas não só no seu perfil, mas em toda a internet , as conversas poderiam melhorar.

William é desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região e autor de mais de 50 livros, dentre eles o best-seller "Como passar em provas e concursos". Ele também é professor de Direito, com passagem pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários