Betway Insider
Betway insider
Betway Insider


A indústria de videogames disparou de forma intensa como resultado da pandemia e o mesmo aconteceu com a rivalidade entre os jogadores que se manifestam em relação a qual console de jogos é o melhor. 

No entanto, um ponto em que nenhum jogador gostaria de se classificar por último é a limpeza do seu console. Da mesma forma como acontece com desperdício de comida e até higiene pessoal, muitos jogadores nunca consideraram a necessidade de limpar seus controles ou teclados, apesar do tempo que passam tocando neles.


Para destacar a quantidade de bactérias que se acumulam em diferentes partes dos seus dispositivos, o time de eSports  da Betway conduziu um experimento analisando 12 conjuntos de consoles e computadores selecionados aleatoriamente, assim como uma mesa de cozinha e um assento sanitário, e chegou a resultados surpreendentes.

PlayStation

Más notícias para os fãs do PlayStation : o console mais vendido da última geração é também o menos limpo, com apenas PCs apresentando mais bactérias.

No total, a amostra de PlayStations analisada apresentou 72,5 unidades de bactérias formadoras de colônias por amostra colhida. Isso significa 2,4 vezes mais do que a quantidade que você encontraria em um assento de vaso sanitário.

A pior parte do console para o crescimento bacteriano são os botões e os joysticks, onde o número médio de unidades formadoras de colônias foi 190: maior do que o equivalente em qualquer outra plataforma. No pior dos casos do conjunto de amostras, esse valor chegou a 650 unidades: mais que o dobro do número que se espera encontrar em uma superfície de cozinha.

Xbox

Uma das plataformas de jogos mais limpas, os consoles de Xbox testados mostraram uma média de 62,5 unidades de bactérias por amostra colhida, mais que o dobro do encontrado em um assento de vaso sanitário.

No entanto, enquanto o número encontrado nos triggers, ou botões de gatilho, foi o menor entre todas as plataformas testadas, com apenas 15, as partes do controle em que o jogador segura apresentaram o maior número, 82,5.

O Xbox também apresentou algumas das amostras mais sujas, com o pior console testado tendo 5.614 unidades formadoras de colônias nos botões do controle, embora esta não tenha sido uma ocorrência comum entre os dispositivos testados.

PC

O PC é frequentemente um outsider nas discussões sobre consoles de jogos, mas em termos de bactérias é o pior por uma margem significativa.

Embora os teclados mostrem muitos sinais de unidades formadoras de colônias, com uma média de 165 por amostra, é o mouse que na verdade capta o material mais bacteriano.

Uma amostra média de mouses apresenta 247,5 unidades formadoras de colônias: isso é apenas 27,5 a menos do que aquilo que uma superfície de cozinha conteria, considerando que o aparelho provavelmente não recebe o mesmo nível de limpeza regular com produtos desinfetantes devido ao risco de danificar os componentes elétricos.

Inclusive o botão "on" de um PC é significativamente pior do que a maioria dos pontos testados em todas as plataformas, mostrando uma média de 115 unidades formadoras de colônias por amostra

Switch

O Nintendo Switch oferece a versão mais limpa de videogames, com uma média de apenas 55 unidades de bactérias formadoras de colônia por amostra.

Embora isso signifique 25 a mais do que aquilo que você encontraria em um assento de banheiro, foi um dos números mais baixos entre todas as plataformas testadas.

Os Joy Cons (controles) testados registraram o mesmo número durante todo o teste, enquanto os botões apresentaram um número ligeiramente mais alto, 62,5.


Controles sob o microscópio

A análise revelou claramente que nossos consoles realmente ficam muito sujos. No entanto, quando você está absorvido em uma sessão de jogos, se certificar de que suas mãos estejam limpas antes de pegar o controle provavelmente não é algo que passe pela sua cabeça. Há muitas formas pelas quais os germes se propagam, sendo algumas delas colocar o dedo no nariz ou soltar pequenas partículas de saliva ao gritar na frente da TV.

Você viu?

Como resultado, examinamos ainda mais de perto os controles e o mouse para revelar quais áreas agrupam mais germes. Dessa forma, você saberá quais são as áreas que definitivamente precisam de uma limpeza. 

 PlayStation vs Xbox: a rivalidade continua

Betway Insider
Betway insider
Betway Insider



Durante anos, o PlayStation e o Xbox vêm lutando pelo domínio do mercado, com a rivalidade se acirrando ainda mais com os recentes lançamentos do novo PlayStation 5 e do Xbox Series X/S. E quem não adora um pouco de competição? No entanto, fizemos um teste para descobrir quais são os jogadores mais sujos. Dê uma olhada abaixo para descobrir quantos germes foram encontrados em média nas diferentes partes das duas marcas de console.

Quais tipos de bactérias crescem em seus dispositivos?

betway
Betway insider

Betway Insider


Como se não fosse horrível o suficiente saber que nossos consoles de jogos são, em média, três vezes mais sujos do que uma tampa de vaso sanitário, descobrimos quais são os tipos de bactérias mais comuns. De pele humana à mofo, encontramos de tudo.

A verdade sobre a limpeza

Esse teste mostra que mesmo nas plataformas mais limpas há um elevado grau de acúmulo de bactérias. Apenas os triggers do controle do Xbox tiveram um número menor de unidades formadoras de colônias do que um assento de banheiro, o que significa que botões, manetes, controles, teclados e mouses precisam em geral ser desinfetados seriamente.

Apesar de a maioria dessas bactérias ser geralmente inofensiva, algumas podem ser prejudiciais se inaladas em quantidades suficientes, então é melhor manter a quantidade mínima de fungos, mofo e bactérias em itens nos quais você toca regularmente.

Procure limpar seu equipamento pelo menos uma vez por semana como parte de sua rotina normal de limpeza, a fim de manter sua casa limpa e segura.


Betway Insider
Betway insider
Betway Insider


Como limpar seu console

Para evitar o acúmulo de bactérias e mofo, é importante limpar regularmente seu console de videogame.

Não é preciso muito esforço para mantê-lo bem limpo.

  • Comece desligando seu console para evitar qualquer dano acidental
  • Em seguida, usando uma pequena quantidade de solução de limpeza sem alvejante e que possa ser usada em materiais de plástico, umedeça um pano e limpe cuidadosamente ao redor dos controles – ou do teclado e do mouse, se estiver usando um PC
  • Para limpar o console, use apenas um pano seco, como um pano de microfibras, para remover qualquer poeira ou impressões digitais. É importante não usar nenhuma solução no dispositivo em si para evitar que qualquer umidade entre nele e o danifique
  • Certifique-se também de limpar embaixo do seu console para remover qualquer poeira
  • Para os controles, procure não usar muito líquido para garantir que você não danifique acidentalmente o sistema. Uma pequena quantidade já é o suficiente

Para os teclados, é possível obter soluções de limpeza especializadas, como gel de alcance profundo ou um spray que atinja os espaços entre as teclas, permitindo melhor acesso aos pontos mais difíceis de serem alcançados. Isso também pode ser útil para os botões dos controles de videogame

Para uma análise mais profunda sobre como cada parte dos diferentes consoles se compara à quantidade média de germes encontrada em uma mesa de cozinha ou assento de banheiro, dê uma olhada abaixo…


betway
Betway insider

Betway Insider

É interessante ver como as diferentes áreas de cada console se comparam aos itens de uso diário. O que pode até lhe surpreender é que nosso estudo descobriu que uma mesa de cozinha reteve mais bactérias de que qualquer um dos itens da amostra. 

Uma coisa certa é que, nesse momento em que estamos hiperfocados em germes, é mais importante do que nunca garantir que estamos limpando itens como controles para evitar quaisquer riscos potenciais à saúde que eles possam apresentar.

Link da matéria:  https://blog.betway.com/pt/esports/qu%C3%A3o-sujos-s%C3%A3o-seus-consoles-de-videogame/


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários