Facebook e Instagram convencem usuários a compartilharem dados pessoais
Unsplash/NeONBRAND
Facebook e Instagram convencem usuários a compartilharem dados pessoais



FacebookInstagram  adotaram uma estratégia quase ameaçadora para convencer seus usuários a compartilharem dados pessoais no iOS 14.5 , nova versão do sistema operacional da Apple . Isso acontece devido a uma nova regra que obriga aplicativos a pedirem consentiment o para rastrear usuários no iPhone .

Com a atualização do iOS na semana passada, todos os aplicativos são obrigados a enviarem uma notificação pop-up para seus usuários consentirem com a coleta de dados . No caso do Facebook e do Instagram, ambas as redes sociais escreveram que a coleta de dados pessoais ajuda a manter os "serviços livres de cobranças".

Além de manter Facebook e Instagram gratuitos, as redes sociais também informam os usuários que a coleta de dados mantém os anúncios personalizados e ajuda negócios a chegarem a seus clientes.

Desde que a mudança no iOS foi anunciada, ainda no ano passado, o Facebook criou oposição a ela. A coleta de dados é o principal modelo de negócios da empresa e, por isso, dar mais privacidade aos seus usuários não é muito positivo para ela.

Você viu?

A briga entre Apple e Facebook

Na ano passado, o Facebook chegou a dizer que a ação da Apple prejudica pequenos negócios que usam suas redes sociais como plataformas de divulgação. A empresa argumentou, ainda, que a prática da Apple é anticompetitiva, pois poderia fazer com que usuários priorizassem o uso de aplicativos da própria Apple. A empresa de Cupertino disse, então, que seus apps próprios também seguirão as novas regras.

Em dezembro, o CEO da Apple, Tim Cook , usou sua conta no Twitter para alfinetar a rede social. "Acreditamos que os usuários devem ter a escolha sobre os dados que estão sendo coletados sobre eles e como eles são usados. O Facebook pode continuar a rastrear usuários em aplicativos e sites como antes. A Transparência de rastreamento de aplicativos no iOS 14 só exigirá que eles peçam sua permissão primeiro", escreveu, na ocasião.

Em janeiro deste ano, Mark Zuckerberg , CEO do Facebook , voltou a acusar a Apple de práticas anticompetitivas. O site The Information chegou a noticiar que a rede social planejava processar a Apple .

Mais recentemente, em março, Zuckerberg mudou o discurso e disse, em uma sala no aplicativo Clubhouse , que a novidade do iOS pode ser boa. "A realidade é que estou confiante de que seremos capazes de administrar bem essa situação e estaremos em uma boa posição", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários