Hackers se passam pelo Ministério da Saúde
iStock
Hackers se passam pelo Ministério da Saúde

Um novo golpe enviado por e-mail tem prejudicado brasileiros. Os hackers se camuflam por traz de uma falsa campanha de vacinação contra a Covid-19 e instalam nos dispositivos das vítimas um trojan bancário. O sistema malicioso pode roubar informações bancárias, levando a prejuízos financeiros.

No e-mail descoberto pela empresa de cibersegurança ESET, os cibercriminosos fingem ser do Ministério da Saúde e enviam um suposto formulário para agendamento da vacinação contra a Covid-19. Quando o usuário clica para baixar a ficha cadastral, ele faz o download de um  vírus .

Conhecido como Mekotio, o trojan sequer permite que o usuário impeça sua instalação. A infecção é concluída automaticamente, tornando o dispositivo vulnerável.

Como se proteger

A ESET alerta que diversos pontos neste e-mail deixam claro que se trata de uma campanha falsa, como o endereço do remetente e o tipo de arquivo do suposto formulário. Abaixo, veja dicas de como se proteger de golpes como esse:

  1. Pense no contexto: quando receber um e-mail deste tipo, pare por um minuto e pense se o contexto não é suspeito. Neste caso, se o Ministério da Saúde fosse enviar mensagens aos cidadãos, a informação estaria amplamente divulgada em jornais, por exemplo.
  2. Observe os detalhes: a ESET afirma os cibercriminosos "são preguiçosos" e, por isso, é muito fácil perceber falhas nessas campanhas falsas. Neste caso, o e-mail foi enviado de um domínio relacionado à advocacia, ou seja, que nada tem a ver com a campanha de vacinação. Se fosse realmente um e-mail do Ministério da Saúde, ele terminaria em ".gov.br".
  3. Proteja seus dispositivos: todos os seus aparelhos, como computador, celular e tablet, precisam ter um bom antivírus para evitar que sistemas maliciosos sejam baixados. Confira aqui as melhores opções gratuitas para Android .
  4. Cuide dos seus dados: não preencha informações pessoais em qualquer formulário sem ter certeza de que ele é seguro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários