Pavel Durov fez críticas à Apple e ao iPhone
Unsplash/Mihai Moisa
Pavel Durov fez críticas à Apple e ao iPhone

O fundador do Telegram , Pavel Durov , fez uma publicação em seu canal no aplicativo criticando duramente a Apple . O principal motivo pelas críticas do desenvolvedor foi a parceria firmada entre Apple e o governo chinês para monitorar os usuários no país, relatada pelo The New York Times nesta semana.

"É triste, mas não é surpreendente: as big techs geralmente escolhem o lucro sobre a liberdade", escreveu Durov. Além de criticar a parceria entre Apple e China , o fundador do Telegram ainda teceu comentários negativos a respeito do iPhone .

"Toda vez que preciso usar um iPhone para testar nosso aplicativo iOS, sinto que sou jogado de volta à Idade Média. As telas de 60Hz do iPhone não podem competir com as de 120Hz dos telefones Android modernos, que suportam animações muito mais suaves", disse.

Para ele, o fato de os usuários de iPhones estarem submetidos aos aplicativos e sistema da Apple os torna "escravos" da companhia. "Ser dono de um iPhone te faz um escravo digital da Apple. Não é para menos que a estratégia totalitária da Apple é tão bem-vista pelo Partido Comunista da China, que – graças à Apple – agora tem controle total de todos os cidadãos que usam o iPhone", continuou.

Não é raro ver Durov criticando a Apple . Em novembro passado, por exemplo, ele comentou que o iPhone 12 Pro tinha "hardware ultrapassado". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários