Apple é acusada nos EUA
Unsplash/zhang kaiyv
Apple é acusada nos EUA

A Apple está sendo processada nos Estados Unidos por um grupo de usuários que alega que as atualizações recentes do iOS "danificaram os iPhones ao reduzir drasticamente as velocidades de processamento e a vida útil da bateria ". As informações são do site especializado Apple Insider, e esta não é a primeira vez que a gigante de tecnologia enfrenta processos por obsolescência programada .

De acordo com o processo, os problemas foram percebidos com as atualizações para o iOS 14.5 , iOS 14.5.1 e iOS 14.6. "A Apple se beneficia por não ter que dizer aos usuários atuais e futuros do iPhone que as atualizações anunciadas para adicionar recursos desejáveis ​​e corrigir a segurança e outros bugs têm uma desvantagem significativa na forma de redução da velocidade de processamento e vida útil da bateria", afirmam os reclamantes.

O processo ainda alega que a Apple tenta enganar os usuários, convencendo-os a baixar novas versões do sistema operacional que irão tornar os iPhones obsoletos. Assim, a empresa estaria forçando a compra de modelos mais novos.

A acusação, feita na semana passada, ainda diz que a Apple não permite atualizações de segurança sem o update da versão do iOS . Em anúncio na segunda-feira (7) durante a WWDC 2021 , a empresa disse que isso irá mudar .

Esta não é a primeira vez que a Apple é acusada de obsolescência programada . Em 2017, diversas acusações surgiram a respeito da diminuição da vida útil da bateria , polêmica que ganhou o nome de BatteryGate . Processos no mundo todo continuaram por anos, e a empresa chegou a ser multada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários