Golpistas criam sites falsos
Unsplash
Golpistas criam sites falsos

A plataforma de publicidade do Google está sendo usada por golpistas para impulsionar sites falsos relacionados a dívidas e boletos. Os cibercriminosos pretendem, na verdade, roubar dinheiro das vítimas.

A descoberta foi feita pelo blog do Altieres Rohr no G1, que monitorou as buscas relacionadas ao tema no Google desde fevereiro. Antes dos resultados relacionados à relevância de sites, o buscador do Google mostra sites que pagaram para aparecer na primeira página. Em buscas como "quitar boletos", "limpar nome" e "pagar dívida", alguns dos links patrocinados são falsos.

Ao acessar esses sites, que parecem confiáveis por aparecerem no topo dos resultados do buscados, a vítima encontra promessas falsas de descontos na quitação de dívidas ou boletos . Geralmente, a suposta negociação pode ser feita pelo WhatsApp .

No aplicativo , segundo relata o blog do Altieres Rohr, a vítima precisa passar dados como nome e CPF para os golpistas. Em seguida, um desconto é oferecido e, se o pagamento for realizado, o dinheiro vai para os criminosos e a dívida continua existindo. É normal que os golpistas afirmem que o nome será limpo em 72 horas, o que dá a eles tempo de sacar o dinheiro antes que a vítima perceba que se trata de um golpe.

A principal dica para não cair nesse golpe é olhar o beneficiário do boleto: se não for a real empresa credora da dívida, não pague. Além disso, não forneça seus dados pessoais em conversas de WhatsApp ou sites que não são o da instituição verdadeira. Além disso, vale a pena desconfiar de descontos bons demais para serem verdadeiros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários