Ex-presidente Donald Trump
Carlos Barria/Reuters
Ex-presidente Donald Trump

Após ser excluído de quase todas as redes sociais , o ex-presidente dos Estados unidos Donald Trump afirmou, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (7), que vai processar Facebook , Twitter e Google (dono do YouTube ). O empresário acusa as gigantes de tecnologia de "censurá-lo".

Além das empresas, a ação de classe representada por Trump também terá como alvo os CEOs das empresas: Mark Zuckerberg , do Facebook, Jack Dorsey , do Twitter, e Sundar Pichai , do Google.

Em janeiro, o então presidente teve suas contas bloqueadas após a invasão do Capitólio, que teria sido apoiada por publicações de Trump . As redes sociais consideraram, então, perigosa a presença dele online.

Após um tempo, o Twitter decidiu banir permanentemente Trump da rede social . Já o Facebook , após orientação do seu Conselho, decidiu que o político está suspenso até 2023 , quando uma nova análise será realizada. O  YouTube  ainda não se manifestou se a suspensão, que ainda continua valendo, é permanente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários