Olhar Digital

Ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump
Shealah Craighead/Official White House Photo
Ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump

O Twitter confirmou nesta quarta-feira (10) que o banimento do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump  do microblog é permanente e que o republicano não terá o acesso à sua conta reestabelecido nem mesmo se voltar a concorrer à presidência do país em 2024.

Você viu?

Após os episódios de violência ocorridos no Capitólio  no último dia 6 de janeiro, Trump, que foi acusado de ter incitado seus apoiadores a invadirem a sede do congresso americano, também perdeu acesso a suas contas em outras redes sociais, como Facebook , Instagram e Snapchat , além de seus perfis no Youtube e na Twitch .

Outra medida das chamadas “Big Techs” em resposta à invasão ao capitólio foi a de suspender o suporte ao Parler , rede social que foi adotada pelos apoiadores de Trump e se tornou a queridinha da extrema-direita, com a Amazon deixando de hospedar o site em seu serviço Web Service e Apple e Google retirando o aplicativo de suas lojas.

Retorno de Trump à outras redes sociais ainda é incerto

Diferente do Twitter, as outras redes sociais ainda não bateram o martelo sobre se Trump voltará ou não a ter uma conta ativa nelas. No Facebook , a decisão deve ficar a cargo de um Conselho de Supervisão independente . “É um órgão independente e suas decisões são vinculativas – não podem ser anuladas pelo CEO Mark Zuckerberg ou qualquer outra pessoa do Facebook”, afirmou o vice-presidente de assuntos globais e comunicações da empresa, Nick Clegg.

Já o Youtube , decidiu  manter Trump suspenso de sua plataforma por tempo indeterminado e ainda não divulgou como e nem quando decidirá sobre o futuro do ex-presidente no site. “À luz das preocupações sobre o potencial contínuo de violência, o canal Donald J. Trump permanecerá suspenso”, declarou um porta-voz do Google no último dia 26 de janeiro.

    Leia tudo sobre: donald trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários