Hackers usam jogos como isca
Unsplash/Chris Yang
Hackers usam jogos como isca

Os jogos online têm se tornado ainda mais populares durante a pandemia de Covid-19 , o que tem atraído a atenção de cibercriminosos. Entre abril e março deste ano, cresceu em 34% os ataques cibernéticos direcionados a jogadores, afirma um levantamento da empresa de cibersegurança Kaspersky, divulgado nesta terça-feira (20).

Em 2020, os ciberataques usando jogos como tema bateram recorde em novembro, quando quase 2,5 milhões de golpes foram identificados. O número caiu com o passar dos meses e voltou a subir em abril, quando 1,1 milhão de fraudes foram identificadas pela empresa.

De acordo com o relatório, o jogo mais usado como isca tanto em 2020 quanto em 2021 foi Minecraft . Além dele, os games  Counter Strike: Global Offensive e Dota também têm aparecido bastante nas fraudes.

Geralmente, sites falsos se passam pelos jogos para fazer com que os gamers baixem trojans , sistema malicioso que pode controlar o computador da vítima, roubando dados e até dinheiro.

"Há muitos jogadores online no mundo - cerca de 3 bilhões - e jogar é uma ótima maneira de relaxar no dia a dia. Naturalmente, isso significa que os cibercriminosos continuarão interessados no setor. No entanto, os jogadores ainda podem desfrutar com segurança do jogo. Eles só precisam seguir as melhores práticas básicas da cibersegurança", afirma Maria Namestnikova, chefe da Equipe Global de Investigação e Análise da Kaspersky.

Como se proteger de golpes que envolvem jogos

Confira as dicas dos especialistas para jogar de forma segura na internet:

  • Use senhas fortes e autenticação de dois fatores nas suas contas em sites de jogos;
  • Desconfie de cópias piratas de jogos ou trapaças, já que são as iscas favoritas dos hackers;
  • Sempre compre jogos em plataformas oficiais. Na dúvida, vá direto ao site oficial ao invés de clicar em promoções;
  • Cuidados com promoções recebidas por e-mail, redes sociais ou mensagens;
  • Evite clicar em links recebidos em chats de jogos, e sempre verifique o endereço antes de informar qualquer dado pessoal ou de login;
  • Utilize um bom antivírus em todos os seus dispositivos e o mantenha sempre atualizado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários