A ferramenta
Matheus Barros
A ferramenta "Bot Sentinel" registrou 2.444 tweets de contas inautênticas

A plataforma de identificação de robôs no Twitter bateu um novo recorde com a manifestação de bolsonaristas pedindo voto impresso. O "Bot Sentinel" registrou 2.444 tweets de contas inautênticas com a hashtag "brasilpelovotoauditavel".

Entre outras tags como "hojevaisergigante", "votoimpressoauditavelja", "bolsonaropresidenteate2026", somaram 3.207 publicações de contas falsas.

Segundo seu perfil no Twitter, o Bot Sentinel é uma plataforma gratuita desenvolvida para classificar e rastrear contas não autênticas e "trolls tóxicos" usando aprendizado de máquina e inteligência artificial.

O Twitter se posicionou a respeito do caso, em nota enviada à reportagem por e-mail. Confira:

"Após tomar conhecimento da publicação da coluna, o Twitter solicitou os dados do levantamento (como as @s dos perfis considerados robôs), mas não os obteve. O envio das informações possibilitaria a condução de uma investigação interna e, se fosse o caso, a tomada de medidas cabíveis nas contas que eventualmente estivessem em violação de suas regras de automação e spam. Como não teve acesso aos dados, o Twitter não pode comentás-lo de forma específica, mas esclarece que aplicativos de terceiros que utilizam a nossa API pública para tentar adivinhar se contas utilizam automação indevidamente para interferir no debate têm se mostrado metodologicamente falhos porque só acessam sinais externos das contas, informações muito limitadas em relação àquelas de que o Twitter dispõe para determinar se uma conta é ou não uma automação indevida. Tais ferramentas, por sua limitação metodológica, podem levar a falsos-positivos. Veja mais aqui ".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários