Biometria da mão sendo usada em loja da Amazon
Divulgação/Amazon
Biometria da mão sendo usada em loja da Amazon

A Amazon está fazendo uma promoção nos Estados Unidos na qual oferece US$ 10 (R$ 52, em conversão direta) de crédito para usuários que decidirem registrar sua biometria da mão nos sistemas da empresa.

De acordo com o TechCrunch, basta cadastrar a biometria para receber o dinheiro, que pode ser gasto em qualquer produto da Amazon. A biometria fica registrada no Amazon One, sistema lançado pela gigante de tecnologia em setembro passado.

O Amazon One é uma forma facilitada de pagamentos em lojas físicas da empresa. Com ele, usuários posicionam a mão em scanners que reconhecem a biometria por meio das linhas únicas nas maõs de cada pessoa. Em seguida, os dados são usado para autorizar o pagamento, tornando o processo mais fácil. No futuro, a Amazon planeja que o serviço seja usado também por outros negócios.

Atualmente, o sistema está disponível em 50 lojas nos Estados Unidos e, de acordo com a empresa, milhares de clientes já registraram suas mãos.

Para a Amazon, o One é uma "maneira rápida, conveniente e sem contato de as pessoas usarem a palma da mão para entrar, identificar e pagar". Na prática, porém, o sistema pode apresentar riscos para a privacidade dos usuários. Além disso, outros sistemas, como pagamento por aproximação, são tão fáceis e práticos quanto a biometria.

A coleta de biometria, sobretudo com o oferecimento de uma "recompensa", levanta discussões éticas a respeito do uso de dados. Com a implementação do Amazon One em outros serviços, por exemplo, a empresa poderia rastrear pessoas em diversos lugares, como lojas, prédios e estádios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários