Herdeiro da Samsung
Reprodução
Herdeiro da Samsung

Jay Y. Lee, herdeiro e vice-presidente da Samsung que está preso, será colocado em liberdade condicional no final desta semana. De acordo com um anúncio feito pelo Ministério da Justiça da Coreia do Sul nesta segunda-feira (9), a medida foi antecipada e tomada para não deixar um vácuo de poder na liderança da empresa.

Lee está preso desde janeiro, quando foi condenado a dois anos e meio de prisão por um escândalo de corrupção envolvendo o presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye.

Segundo a agência France-Presse, políticos e líderes empresariais começaram a pedir pela liberdade condicional de Lee nos últimos meses. O medo dos grupos era de a economia sul-coreana poderia ser afetada como um todo.

Agora, o herdeiro da Samsung "está entre as pessoas que receberão liberdade condicional, devido à situação econômica nacional e à prolongada pandemia de coronavírus", declarou o ministro da Justiça, Park Beom-kye, à imprensa. A decisão foi tomada "com base em vários fatores, incluindo o sentimento da população e seu comportamento na prisão", continuou. Segundo relatos da imprensa sul-coreana, Lee é considerado um "prisioneiro modelo".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários