Zabihullah Mujahid tem conta no Twitter desde 2017, e na sua descrição ele se designa como
Reprodução: iG Minas Gerais
Zabihullah Mujahid tem conta no Twitter desde 2017, e na sua descrição ele se designa como "Porta-Voz Oficial do Emirado Islâmico do Afeganistão"

O Twitter permitiu que o porta-voz do grupo extremista Talibã ,  Zabihullah Mujahid, publicasse atualizações em tempo real sobre a invasão de Cabul, capital do Afeganistão. Na plataforma, apoiadores do ex-presidente norte-americano Donald Trump criticaram a falta de critério para banimento, uma vez que o ex-mandatário está proibido de fazer publicações desde janeiro.

Zabihullah Mujahid tem conta no Twitter desde 2017, e na sua descrição ele se designa como "Porta-Voz Oficial do Emirado Islâmico do Afeganistão", em referência ao novo nome do país após ser tomado pelo Talibã.

No domingo, Mujahid publicou atualizações dos soldados do Talibã, que haviam 'conquistado' Cabul, enquanto invadiam o palácio presidencial e prédios do governo. 

Trump foi banido permanentemente da rede por causa da invasão ao Capitólio americano em 6 de janeiro. A empresa explicou que ele havia violado sua 'política de Glorificação da Violência'.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, parlamentares do partido Republicano, o mesmo de Trump, acusaram a empresa de "hipocrisia" e "falta de critério". 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários