Ex-deputado federal Eduardo Cunha
Agência Brasil
Ex-deputado federal Eduardo Cunha

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha afirmou nesta sexta-feira (22) que não vai comprar um iPhone 13, que  chegou hoje ao Brasil. Segundo ele, o motivo é o número do aparelho, que é o mesmo do Partido dos Trabalhadores.

"Estão lançando hoje o iPhone 13. Eu vou passar e esperar o 14. Número do PT, nem no iPhone", escreveu Cunha em sua conta no Twitter.

O político ainda comentou que os Estados Unidos não têm o costume de utilizar o número 13. "Engracado que nos Estados Unidos, é difícil ver o 13 lá. Hotéis não tem o andar 13, companhias aéreas não tem o banco 13, etc. Mas a Apple resolveu lançar o 13", escreveu.

Antes do lançamento oficial do iPhone 13, o número chegou a ser questionado por usuários da Apple nos EUA - mas não por conta do PT. No país, o número é considerado de azar. Em junho, uma pesquisa mostrou que  18% dos usuários de iPhones e iPads no país rejeitavam o nome  iPhone 13.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários