Xiaomi Pad 5
Divulgação/Xiaomi
Xiaomi Pad 5

Junto com o Xiaomi 11 Lite 5G NE , a Xiaomi também trouxe seu primeiro tablet para o Brasil nesta quinta-feira (28). O Xiaomi Pad 5 promete ser um concorrente de tablets da Samsung e da Apple, mas por preço mais baixo.

"É a primeira vez que a gente traz um tablet para o Brasil, e ele é de gama alta. Não vamos trazer um tablet de entrada para ver se dá certo e depois a gente traz o melhor. A gente já está trazendo o que a gente acredita que é o melhor tablet nosso neste momento", afirma Thiago Araripe, gerente de marketing da Xiaomi Brasil, em entrevista ao iG.

Detalhes do Xiaomi Pad 5

O Xiaomi Pad 5 tem tela WQHD+ de 11 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz. O modelo vem equipado com interface MIUI 12.5, baseada no Android 11, e processador Qualcomm Snapdragon 860, acompanhado de 6GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno.

A bateria é de 8.720 mAh e o tablet conta com quatro alto-falantes com suporte a Dolby Atmos. A Xiaomi afirma que o dispositivo consegue dar conta tanto de um uso profissional, com foco em produtividade, quanto de uso para entretenimento, permitindo jogos e vídeos mais pesados.

As especificações de câmeras são modestas: 8 MP na frontal e 13 MP na traseira. "A gente chegou à conclusão de que as pessoas não usam mais os tablets para fazer fotos e vídeos, é para isso que elas têm os smartphones. A gente percebeu que não vale à pena investir tanto em câmera, aumentando o preço de forma desnecessária. Então, a câmera dele é muito mais para ser funcional, para escanear documentos e QR Codes", argumenta Thiago.

Leia Também

Leia Também

Por enquanto, o tablet chega ao Brasil sem caneta. O acessório deve chegar no primeiro trimestre do ano que vem, e o atraso é justificado pela falta de disponibilidade, de acordo com a Xiaomi.

Luciano Barbosa, head do Projeto Xiaomi Brasil, comenta que o objetivo do Xiaomi Pad 5 no Brasil é competir com grandes marcas, como Samsung e Apple. "Nós só não estamos trabalhando com as pontas, que são as pessoas que vão renderizar vídeo em 8K, coisas mais pesadas, e aqueles que só querem um tablet para assistir um ou outro vídeo, coisas mais simples. O Xiaomi Pad 5 vem para competir com Samsung e com iPads [da Apple], sobretudo para esse público que quer ter o mesmo benefício, mas quer pagar um pouco menos", diz ele, em entrevista ao iG.

Redmi Buds 3 Pro

Redmi Buds 3 Pro
Divulgação/Xiaomi
Redmi Buds 3 Pro

Além do tablet, a Xiaomi também trouxe novos fones de ouvido Bluetooth para o Brasil. Os Redmi Buds 3 Pro têm cancelamento de ruído e conexão dupla, podendo se ligados a dois dispositivos ao mesmo tempo e alternar entre eles. A bateria promete durar seis horas em uso e até 28 horas com o estojo de carregamento.

Preços e disponibilidade

Ambos os produtos estão disponíveis nesta quinta-feira (28). O Xiaomi Pad 5 pode ser comprado nas cores cinza e branco por preço sugerido de R$ 4.299,99. Já os Redmi Buds 3 Pro saem por R$ 899,99.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários