Bolsonaro tem mais seguidores somados que os principais rivais em 22
José Dias/PR
Bolsonaro tem mais seguidores somados que os principais rivais em 22

Se somados, os principais rivais do presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2022 não chegam ao seu número de seguidores nas redes. Segundo o portal Metrópoles, Bolsonaro é seguido por 41,9 milhões de perfis em suas redes. O ex-presidente Lula, Sergio Moro, Ciro Gomes, João Doria e Eduardo Leite têm, juntos, 26,1 milhões de seguidores.

Além disso, Bolsonaro está em plataformas que os demais não investiram, como Gettr, a "rede social do Trump", e Parler, popular na direita norte-americana. 

Veja o ranking: 

  • Eduardo Leite: 1,1 milhão de seguidores
  • Ciro Gomes: 3,4 milhões de seguidores
  • João Doria 5,1 milhões de seguidores
  • Sergio Moro 5,8 milhões de seguidores
  • Lula 10,7 milhões de seguidores
  • Bolsonaro 41, 9 milhões de seguidores

Bolsonaro passou a investir nas redes sociais em 2014. Chegou em 2018 com 7,8 milhões de seguidores no Facebook, Instagram e Twitter. Na época a candidata Marina Silva (Rede) ocupava a vice-liderança do ranking, com 4,2 milhões de seguidores; e o ex-presidente Lula (PT) estava na terceira posição, com o apoio de 3,6 milhões de internautas em suas redes.

O presidente está atualmente com a conta do YouTube suspensa por associar a vacina do novo coronavírus à AIDS. Ele também já teve posts no Twitter e no Facebook com sinalização de enganosos.

Leia Também

As restrições fizeram com que Bolsonaro investisse mais no Telegram, onde já ultrapassa 1 milhão de seguidores. 




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários