O recurso de apagar mensagem para todos os participantes de uma conversa no WhatsApp foi lançado em 2017, mas até hoje conta com algumas limitações. Uma delas é o texto que deixa rastros avisando que um conteúdo foi deletado. A outra é o tempo limite para executar a ação: usuários só podem apagar mensagens para todos em até 1 hora e 8 minutos. Mas isso pode mudar em breve, segundo informações do WABetaInfo .

WhatsApp (Imagem: Webster2703/Pixabay)
WhatsApp (Imagem: Webster2703/Pixabay)

O código da versão mais recente do WhatsApp Beta para Android (2.21.23.1) mostra uma alteração que pode permitir deletar uma mensagem em até 3 meses após o envio. A novidade ainda está com status de desenvolvimento — isso é, você não pode testá-la, ainda que seja usuário do WhatsApp Beta.

Além disso, como qualquer função presente na versão de testes do mensageiro, é possível que o WhatsApp mude de planos e altere (ou até mesmo desista de lançar) o recurso. Também não se sabe se o novo limite seria válido para todas as mensagens ou apenas as que fossem enviadas após a extensão do tempo.

Leia Também

WhatsApp pode aumentar limite para apagar mensagens para todos no app (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Veja como apagar uma mensagem para todos em nosso tutorial completo.

Cashback, carteira digital e mais novidades do WhatsApp

Como noticiamos na segunda-feira (1), outra função esperada para o WhatsApp é o cashback em transações feitas pelo mensageiro . O recurso começou a aparecer para alguns usuários na versão beta da plataforma, na Índia. Essa opção, assim como a relatada acima, apareceu primeiro no código do WhatsApp Beta para Android, e agora segue em fase de implementação para testes.

A integração com a Novi, carteira digital da Meta (ex-Facebook) é mais uma função aguardada. Indícios sobre a chegada da função ao mensageiro apareceram na última semana, mas ainda não há previsão de lançamento para o usuário final.

Com informações: WABetaInfo

WhatsApp pode permitir apagar mensagens para todos após meses de envio

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários