Um dos robôs da empresa
Divulgação/Promobot
Um dos robôs da empresa

Uma empresa estadunidense de robótica anunciou nesta semana uma campanha em que promete pagar U$ 200 mil (cerca de R$ 1,1 milhão, em conversão direta) para quem ceder para sempre os direitos de uso do próprio rosto em uma nova linha de robôs.

Como as máquinas estão sendo desenvolvidas para trabalhar em hotéis e shoppings, há o requisito de que se trate de um "rosto amigável". Não há requisitos relativos à idade ou gênero.

De acordo com a nota emitida pela companhia Promobot, a nova linha de robôs está sendo elaborada a pedido de uma empresa americana que trabalha com aeroportos, shoppings e lojas na América do Norte e Oriente Médio. A ideia é que o produto seja lançado em 2023.

A empresa Promobot foi criada em 2013 na Rússia. Os serviços de seus robôs já foram contratados em 43 países. Robôs da empresa já trabalham como atendentes e recepcionistas no Aeroporto Internacional de Baltimore-Washington, em Maryland, nos Estados Unidos, e no Dubai Mall, nos Emirados Árabes Unidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários