Twitter vai permitir denúncias de posts com fake news no Brasil
Pedro Knoth
Twitter vai permitir denúncias de posts com fake news no Brasil

O Twitter informou em nota nesta segunda-feira (17) que permitirá a denúncia de posts com informações falsas, as chamadas "fake news". A ideia é que os usuários alertem sobre conteúdos que violem as regras da plataforma. Atualmente, a possibilidade de denúncia funciona em teste apenas nos EUA, Coreia do Sul e Austrália, desde agosto do ano passado.

Além do Brasil, o recurso será disponibilizado na Espanha e nas Filipinas para "colher aprendizados de uma pequena, porém geograficamente diversificada, gama de regiões - incluindo aquelas em que o inglês não é o primeiro idioma - antes de tornar a ferramenta disponível globalmente". "Além disso - e paralelamente a nossas políticas já existentes em eventos cívicos anteriores -, o fato de 2022 ser ano de eleições no Brasil e nas Filipinas, assim como de meio de mandato nos Estados Unidos, contribuirá para a avaliação de como esta ferramenta de denúncias seria usada em períodos de grandes eventos cívicos", destacou a plataforma em um comunicado.

A liberação vem na esteira da hashtag "#TwitterApoiaFakeNews", que ficou no último dia 5 no primeiro lugar entre os assuntos mais comentados do Brasil. A principal crítica dos internautas era quanto à permissão da rede para disseminadores de informação falsa quanto à vacinação. 

A campanha também questionou a verificação de contas bolsonaristas que espalham conteúdos enganosos sobre a vacinação contra a doença, inclusive de investigados por fake news no Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia Também

No comunicado, o Twitter cita que se compromete "a considerar os relatos das pessoas no Twitter" para "entender as conversas e os desafios relacionados a desinformação em nosso serviço".

Leia Também

Segundo a rede, mais de 50% do conteúdo viola suas regras, mas  "é identificado por sistemas automatizados" e que "a maior parcela do restante é identificada a partir do monitoramento contínuo de nossas equipes internas ou do nosso trabalho com parceiros externos de confiança".

"Esperamos que a ferramenta de denúncias ajude nossas equipes a entender melhor novas narrativas e tendências em desinformação, em escala, e contribua para que avancemos na capacidade de detectar conteúdo enganoso no Twitter em tempo real", concluiu a rede social.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários