Golpe clona chip do celular
Unsplash/Mika Baumeister
Golpe clona chip do celular

Um novo golpe impulsionado por vazamentos de dados permite que criminosos clonem chips de celulares, podendo se passar por outras pessoas e aplicarem diversas outras fraudes.

Conhecido como SIM Swap, o golpe consiste na transferência de uma linha de telefone de um chip para outro. "Um hábito comum do consumidor é a utilização do mesmo número quando há a compra de um novo aparelho ou perda de seu chip. Para que isso aconteça, precisamos entrar em contato com a operadora e passar os nossos dados, e é aí que o fraudador age" explica Gustavo Monteiro, manager director da plataforma de proteção a identidades digitais AllowMe.

Para concluir o golpe, o criminoso utiliza dados vazados para se passar pela vítima. Ou seja, ele compra um chip novo, liga na operadora e finge ser o dono da linha, passando todos os dados necessários para se apropriar dela. "É como se alguém tivesse clonado seu celular", resume Gustavo.

Com o chip funcionando, o criminoso consegue aplicar os mais diversos tipos de golpes. "Ele poderá ligar para todos seus contatos se passando por você. E não é apenas por ligações que os golpes podem acontecer, ao ter o seu chip em mãos, ele pode receber o código para cadastrar o WhatsApp no novo aparelho e poderá falar com seus contatos, ver conversas antigas e até mesmo fazer backups de fotos e mensagens. Com o acesso ao seu telefone, ele poderá entrar em um app de e-commerce e realizar uma compra utilizando de seu cartão de crédito já cadastrado na plataforma. Isso sem falar em aplicativos de entrega, de transporte. Enfim, são incontáveis os golpes", afirma o especialista.

Como se proteger da clonagem de chip

Gustavo dá algumas dicas para que os usuários não tenham o celular clonado. A primeira dica é a mesma dada para outros golpes: tenha senhas fortes e únicas. Assim, mesmo com o acesso ao seu chip, o criminoso pode ter dificuldades de acessar suas contas em sites e aplicativos. Além disso, ative a autenticação em duas etapas em todos os apps, o que dá uma camada extra de segurança.

Outra dica importante é ativar os códigos PIN e PUK de seu chip. Esses dois códigos protegem o seu chip, bloqueando-o caso a senha esteja incorreta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários