Loja da Xiaomi no Shopping Ibirapuera
Divulgação/Xiaomi
Loja da Xiaomi no Shopping Ibirapuera

A Xiaomi está planejando investir pesado em dispositivos topo de linha para  superar a Apple no mercado chinês de smartphones. A informação veio de Lei Jun, CEO da Xiaomi, que comentou sobre o tema em sua conta na rede social Weibo.

Além de rivalizar com a Apple, ele disse que entrar de cabeça no mercado premium pode ajudar a Xiaomi a  preencher o vazio deixado pela Huawei no mercado chinês.

"Nós pretendemos comparar totalmente com a Apple em termos de produto e experiência, e nos tornar a maior marca de ponta da China nos próximos três anos", escreveu Lei Jun.

O CEO descreveu a concorrência com a Apple como "uma guerra de vida ou morte". Para superar a marca estadunidense, a chinesa deve lançar pelo menos três celulares topo de linha neste ano.

Para cumprir seus objetivos, a Xiaomi planeja investir quase US$ 16 bilhões em pesquisa e desenvolvimento nos próximos cinco anos, além de abrir mais 20 mil lojas na China nos próximos três anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários