Google processa golpista nos EUA
Unsplash/Kai Wenzel
Google processa golpista nos EUA

O Google processou nesta segunda-feira (11) um homem que estaria praticando golpes online nos Estados Unidos. O camaronês Nche Noel é suspeito de utilizar contas da gigante de tecnologia, como Gmail e o serviço de telefonia Google Voice, para negociar filhotes de cachorros que nunca entregava. As informações são da Reuters.

Os principais alvos do golpista eram idosos, que depositavam o dinheiro acordado pela compra dos supostos cachorros e nunca os recebiam. Quem alertou o Google sobre o golpe foi o grupo de defesa de idosos (AARP), depois da uma pessoa enviar US$ 700 (cerca de R$ 3,2 mil, em conversão direta) ao golpista para comprar um filhote de basset hound que não foi entregue.

No processo, movido pelo Google no tribunal de San Jose, na Califórnia (EUA), a empresa pede indenização por danos morais, alegando que o golpe prejudicou a reputação da empresa e custou mais de US$ 75 mil (cerca de R$ 345 mil) para que a companhia investigasse e mitigasse as ações do golpista. Essa é a primeira vez que o Google abre diretamente um processo de proteção ao consumidor.

O Google afirma que Noel usou dezenas de contas Gmail e Google Voice "para comunicar falsas promessas às vítimas, registrar os sites fraudulentos com empresas de hospedagem de internet e solicitar e receber pagamentos", segundo o processo.

Além de filhotes, o homem é suspeito de criar sites para vender maconha e xarope para tosse que precisa de receita médica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários