Mark Zuckerberg, CEO da Meta
Reprodução/Facebook
Mark Zuckerberg, CEO da Meta

A Meta, controladora de Facebook, Instagram e WhatsApp, gastou US$ 26,8 milhões na segurança do CEO Mark Zuckerberg e de sua família ao longo de 2021, de acordo com dados levantados pela StockApps baseados em informações divulgadas pela própria empresa na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

Ao longo do ano, US$ 15,2 milhões foram gastos na segurança de Zuckerberg, além de mais de US$ 10 milhões na proteção de sua família. Por dia, a Meta desembolsou cerca de US$ 73,4 mil (R$ 343 mil, em conversão direta) para proteger seu CEO.

O orçamento da empresa para a segurança de Zuckerberg vem aumentando ao longo dos últimos anos, tendo um salto considerável entre 2017 e 2018, quando o escândalo Cambridge Analytica veio à tona.

Gráfico mostra valor gasto pela Meta com a segurança de Mark Zuckerberg ao longo dos anos. Versão traduzida do gráfico disponibilizado pela StockApps.
Reprodução/StockApps - 19.04.2022
Gráfico mostra valor gasto pela Meta com a segurança de Mark Zuckerberg ao longo dos anos. Versão traduzida do gráfico disponibilizado pela StockApps.

Edith Reads, especialista da StockApps, afirma que conforme a Meta se envolve em polêmicas, os gastos com a segurança de Zuckerberg aumentam. "Mark Zuckerberg é um dos indivíduos mais conhecidos e altamente escrutinados do mundo. As massas estão observando e analisando cada movimento dele. Portanto, não é surpresa que ele tenha algumas das medidas de segurança mais intensas em vigor", opina.

Não é só com Zuckerberg que a Meta gasta bastante: Sheryl Sandberg, COO da empresa, foi responsável pelo gasto de quase US$ 9 milhões com segurança em 2021.

Os valores desembolsados pela empresa são mais altos do que os praticados na indústria de tecnologia. De acordo com a StockApps, a Amazon gasta cerca de US$ 1,6 milhão por ano com a proteção de Jeff Bezos, enquanto o Twitter gasta cerca de US$ 64 mil com a segurança de seu CEO, Parag Agrawal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários