Meta cria sistema para identificar artigos com referências fracas na Wikipédia
Unsplash/Dima Solomin
Meta cria sistema para identificar artigos com referências fracas na Wikipédia

A Meta anunciou nesta segunda-feira (11) que está desenvolvendo uma inteligência artificial capaz de ajudar no combate à desinformação. Chamada de Sphere, a ferramenta de código aberto tem conseguido checar informações publicadas na Wikipédia.

Neste primeiro momento, o projeto está sendo desenvolvido em parceria com a enciclopédia colaborativa e, por isso, a Sphere só funciona em artigos publicados lá.

O que a inteligência artificial faz é checar as referências de artigos publicados na Wikipédia, avaliando se as informações têm, de fato, embasamento, ou se não têm referências fortes o suficiente.

A ideia é que, no futuro, a Sphere possa ser usada também para verificação de fatos em outras plataformas além da Wikipédia. O anúncio do desenvolvimento da inteligência artificial surge em um momento delicado para a Meta em relação à desinformação, já que a empresa é dona de plataformas digitais responsáveis pela disseminação de notícias falsas, como Facebook, WhatsApp e Instagram.

Desde o ano passado, quando os  Facebook Papers vieram a público, a empresa é acusada de escolher manter desinformação em suas plataformas a fim de aumentar seu lucro. Frances Haugen, ex-funcionária e delatora da Meta, afirma com frequência que a companhia conhece formas simples de conter a disseminação de notícias falsas, mas opta conscientemente por não fazê-lo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários