Tamanho do texto

Aparelho da Samsung é uma das boas opções para quem quer investir menos de R$ 1.000 e busca realizar tarefas básicas do dia a dia sem ter dificuldades

O Galaxy J5 Prime é um dos smartphones da Samsung que mais prezam pelo custo-benefício. O modelo é encontrado nas principais varejistas por cerca de R$ 750 e oferece boas especificações para quem busca um produto econômico. Entre os diferenciais do aparelho, estão o sensor de impressão digital e o design em metal escovado, que oferece um visual mais sofisticado para os usuários.

Galaxy J5 Prime é boa escolha para usuários que buscam realizar tarefas básicas do dia a dia
Victor Hugo Silva/Brasil Econômico
Galaxy J5 Prime é boa escolha para usuários que buscam realizar tarefas básicas do dia a dia

Leia também: Ainda mais veloz, intermediário Moto Z2 Play é mais um acerto da Motorola

Disponível nas cores preto, dourado e rosa, o Galaxy J5 Prime ainda conta com 32 GB de armazenamento interno, que pode ser expandido para até 256 GB com um cartão de memória microSD. O aparelho, no entanto, deixa um pouco a desejar quando o assunto é a bateria, o processador e a tela. Os pontos altos e baixos do celular da Samsung serão detalhados a seguir. Confira:

Câmera

As fotos tiradas com o J5 Prime têm resultados razoáveis tanto no caso de retratos de paisagens, quanto para selfies. A câmera traseira do aparelho tem 13 megapixels e abertura de f/1,9, o que garante fotos bem definidas e com uma boa cobertura do cenário. As fotos tiradas durante o dia apresentaram bom balanceamento de cores e capturaram detalhes até mesmo de objetos um pouco mais distantes.

Como já ocorre em outros smartphones, o resultado não foi tão satisfatório em fotos feitas à noite. Em alguns casos, as imagens ficaram com um visual borradas, ainda que tenham sido tiradas com o celular parado. Ao mesmo tempo, as selfies tiradas com o smartphone deixam a desejar em alguns pontos. Com 5 megapixels e abertura de f/2.2, que tem um campo de visão um pouco menor, e flash, a câmera frontal se sai bem em selfies individuais, mas tem problemas quando o objetivo é registrar um foto de um grupo.

Leia também: Conheça as oito principais mudanças apresentadas com o Android O

A imagens ficam facilmente borradas e é preciso atenção para não perder o registro de um momento importante para você. Uma saída para este problema é utilizar o modo de selfie panorâmica que, no começo, é um pouco difícil de usar, mas apresenta resultados bem melhores. Vale lembrar que a câmera frontal do J5 Prime conta com recurso para editar a selfie em tempo real realizando pequenos ajustes no tom de pele, no rosto e nos olhos.

Tela

Ainda que registre boas fotos, você provavelmente não conseguirá visualiza-las com sua qualidade total com a tela do Galaxy J5 Prime. Isso porque, apesar de contar com um visor de 5,5 polegadas, o visor do smartphone não consegue exibir fotos e vídeos em Full HD (1080p). A qualidade para em um formato mais limitado do HD (720p). Por isso, pense duas vezes se a sua ideia é usar este modelo para assistir a filmes e séries no YouTube ou na Netflix.

A reprodução de vídeos também fica comprometida quando tratamos do som do aparelho. Com a saída de áudio localizada na lateral do aparelho, é bem possível tampar o som com a mão quando o celular estiver na horizontal. Por isso, prepare-se para usar fones de ouvido para ter uma experiência de áudio mais agradável com o J5 Prime.

Design

Um ponto alto do smartphone é o design. Produzido em alumínio, o aparelho conta com um visual sofisticado. A câmera traseira, por exemplo, é totalmente integrada à aparência do produto é não exibe aquele relevo tradicional. O mesmo vale para o flash traseiro, localizado à direita da lente. A parte de trás do smartphone ainda conta com o logo da Samsung e duas linhas localizadas nas extremidades.

Enquanto isso, na parte frontal, a tela de 5 polegadas consegue aproveitar bem o espaço do celular, que também botões capacitivos de voltar e de aplicativos recentes, além de um botão físico de início, que também serve como leitor de impressão digital para agilizar o desbloqueio do aparelho. Conforme dito anteriormente, a saída de áudio fica na lateral direita do J5 Prime, junto ao botão de desbloqueio convencional. No lado esquerdo, estão os botões de volume e as bandejas para abrigar dois chips de operadoras e um cartão de memória micro SD.

Traseira do Galaxy J5 Prime não exibe relevo para a lente da câmera, comum a outros smartphones
Victor Hugo Silva/Brasil Econômico
Traseira do Galaxy J5 Prime não exibe relevo para a lente da câmera, comum a outros smartphones

Leia também: Assistente da Samsung, Bixby chega ao Brasil, mas ainda não fala português

As entradas para o carregador (Micro USB) e o fone de ouvido ficam na parte inferior do J5 Prime, junto ao microfone. Com todos estes detalhes, o aparelho oferece boa ergonomia e não precisa ficar dançando na sua mão para você conseguir tocar em qualquer parte da tela.

Processamento e bateria

A capacidade de processamento é um dos pontos que mais preocupam no Galaxy J5 Prime. O celular conta com processador SAMSUNG Exynos 7570 com quatro núcleos rodando a 1,4 GHz. Durante os testes, o aparelho apresentou certa lentidão em alguns momentos e não mostrou ser uma boa opção para um perfil de usuário que exige uma capacidade maior de seu aparelho. O mesmo vale para a bateria de 2.400 mAh, que pode te deixar na mão durante o dia se você pretende usar o smartphone para tarefas mais pesadas, como assistir a vídeos ou executar games com gráficos mais avançados.

Android

Por fim, vale lembrar que o smartphone da Samsung conta com Android 6.0.1 Marshmallow adaptado à TouchWiz, interface já conhecida por usuários da Samsung. A decisão de não utilizar o Android 7.0 Nougat como padrão faz o aparelho ser menos atrativo, mas segue a tendência de outros smartphones da linha Galaxy J. Por outro lado, um ponto interessante é a opção por não incluir muitos aplicativos da fabricante que costumam ser inúteis para a maioria dos usuários.

Conclusão

O Galaxy J5 Prime não é a melhor escolha para quem pretende investir menos de R$ 1.000 em um smartphone. Por outro lado, também não é a pior. Trata-se, na verdade, de um aparelho que concorre em pé de igualdade com modelos como o Moto G5, por exemplo. O principal ponto a favor do item da Samsung é o preço, tornando-se uma ótima opção para quem busca um smartphone para realizar tarefas básicas do dia a dia, como acessar as redes sociais e ouvir música.

Ficha Técnica

Configurações: processador Samsung Exyno Cortex-A53 quad-core de 1,4 GHz, tela IPS LCD de 5 polegadas (720 x 1.080 pixels, 294 ppi), câmera traseira de 13 megapixels com flash LED e abertura f/1,9, câmera frontal de 5 megapixels com abertura de f/2.2, 32 GB de armazenamento com suporte para cartão micro SD de até 256 GB, memória RAM de 2 GB, bateria de 2.400 mAh, Android 6.0.1 Marshmallow, 4G, Wi-Fi 802.11 b/g/n, Bluetooth 4.2, dual chip, portas de 3,5 mm (fone de ouvido) e Micro USB.

Dimensões: 14,2 x 6,9 x 0,81 cm

Peso: 143 g

Preço: R$ 999 (via Samsung)

Confira abaixo algumas fotos do Galaxy J5 Prime:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.