Tecnoblog

Uber
shutterstock
Uber lança novidades para motoristas mulheres

A Uber expandiu para a cidade de São Paulo a opção para motoristas mulheres só aceitarem chamadas de passageiras. Batizado de U-Elas , o recurso começará a ser liberado na quarta-feira (7) como parte de uma iniciativa da plataforma para diminuir a diferença do número de parceiras mulheres em relação aos homens.

Com o U-Elas, que pode ser ligado e desligado a qualquer momento, as parceiras mulheres e de identidade não-binária poderão escolher realizar somente corridas de passageiras. A Uber explica que, caso um passageiro homem aparecer no app , as motoristas poderão informar que só atendem mulheres e cancelar a viagem sem afetarem suas métricas.

Parte do programa “Elas na Direção”, o recurso chega a São Paulo com outros benefícios, que também estão disponíveis em outras cidades. As parceiras que querem trabalhar com a Uber , mas não têm carro próprio podem aproveitar descontos no aluguel dos veículos por meio de uma parceira da plataforma com a Localiza Hertz .

A iniciativa prevê ainda uma plataforma educacional com cursos sobre empoderamento pessoal e econômico. Desenvolvidos em parceria com a Rede Mulher Empreendedora, a Iniciativas Empreendedoras e a economista Gabriela Mendes, da NoFront - Empoderamento Financeiro, os conteúdos estão disponíveis neste link .

Segundo a Uber, as motoristas representam somente 6% da base de parceiros no Brasil. Para a diretora-geral da Uber no Brasil, Claudia Woods, os motivos para o número baixo “vão desde a falta de conhecimento sobre o que é preciso para se cadastrar, passando pela falta de visibilidade sobre os ganhos potenciais e até os desafios de segurança que a nossa sociedade impõe”.

Uber oferece U-Elas em 20 cidades

O U-Elas é testado ao menos desde novembro de 2019 e, segundo a Uber , está disponível em mais de 20 cidades. Estes são alguns dos locais que a plataforma permite que as motoristas atendam somente a passageiras:

  • Belo Horizonte
  • Brasília
  • Campinas
  • Criciúma
  • Curitiba
  • Feira de Santana
  • Fortaleza
  • Goiânia
  • Joinville
  • Juiz de Fora
  • Manaus
  • Mogi Guaçu
  • Pelotas
  • Piracicaba
  • Porto Alegre
  • Recife
  • Salvador
  • São Paulo (a partir de 7 de outubro)

Ao iniciar os testes do U-Elas, a Uber afirmou que também cogitava oferecer a opção para passageiras escolherem ser atendidas somente por motoristas mulheres. Na ocasião, a empresa entendia que não era possível oferecer o recurso justamente por conta do baixo número de mulheres dirigindo na plataforma.

    Leia tudo sobre: aplicativo

    Veja Também

      Mostrar mais