Tecnoblog

Xbox Series
Divulgação
Xbox Series

A Microsoft divulgou nesta terça-feira (27) seu relatório financeiro para o quarto trimestre fiscal, encerrado em junho de 2021. De acordo com a empresa, houve lucro líquido 47% maior, de R$ 16,46 bilhões no período, o que equivale a US$ 2,17 por ação, superando as expectativas de US$ 1,92 de analistas. Considerando o ano fiscal como um todo, a companhia bateu um recorde histórico ao somar US$ 168,09 bilhões em faturamento e US$ 61,27 bilhões em lucro.

Nuvem cresce impulsionada por alta de 51% no Azure

O segmento de nuvem inteligente, que inclui o Azure, Windows Server, SQL Server e GitHub, superou US$ 17 bilhões em receita no trimestre — um crescimento de 30% em relação ao ano anterior.

Somente no Azure, houve alta de 51%. O serviço concorrente da AWS já havia registrado alta de 50% no trimestre anterior — o valor em dólares não é revelado pela Microsoft.

"Nossos resultados mostraram que quando executamos bem e atendemos às necessidades dos clientes de maneiras diferenciadas em mercados grandes ou em expansão, geramos crescimento, como vimos nos serviços de nuvem, e em novas franquias que construímos incluindo jogos, segurança e LinkedIn, que ultrapassaram US$ 10 bilhões em receita anual nos últimos três anos", disse Satya Nadella, CEO da Microsoft.

Você viu?

Boa fase com publicidade no LinkedIn

Já o segmento de Produtividade e Processos de Negócios (Office, LinkedIn e Dynamics), teve aumento de 25% em receita, passando a US$ 14,69 bilhões. O resultado superou as expectativas de US$ 13,93 bilhões de especialistas.

O LinkedIn apresentou crescimento em receita de 46% ano a ano, impulsionado pela demanda de publicidade no negócio de Soluções de Marketing.

Computação pessoal sobe, mas Xbox tem queda parcial

A unidade de computação pessoal, que inclui Windows e Xbox, registrou aumento de receita em 9%, com US$ 14,09 bilhões. Entretanto, a receita de conteúdo e serviços do Xbox apresentou queda de 4% no trimestre, comparado com um crescimento de de 64% no mesmo período do ano anterior — o que está diretamente associado à evolução da pandemia.

A Microsoft também atribui a baixa a um declínio em títulos de terceiros, mas diz que a queda foi em parte compensada pelo crescimento em assinaturas de Xbox Game Pass e títulos primários. Apesar disso, a receita geral de jogos aumentou 11% devido à venda de consoles Xbox Series X|S.

Por outro lado, a receita com licenças de Windows para PCs de consumo caiu 4%, após um aumento de 44% no trimestre passado. Segundo a Microsoft, o cenário está relacionado às restrições de fornecimento de PCs reportadas pela Dell e HP. Já as vendas do Surface caíram 20%.

Cabe lembrar que a  Microsoft anunciou o lançamento do Windows 11 durante o quatro trimestre fiscal, mas os impactos da chegada do novo sistema operacional só devem ser sentidos mais à frente, já que as atualizações começam a chegar a partir do final do ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários