“Chinês do bitcoin” fecha empresa de investimentos no RJ e atrasa pagamentos
Bruno Ignacio
“Chinês do bitcoin” fecha empresa de investimentos no RJ e atrasa pagamentos

Mais uma empresa de investimentos em bitcoin (BTC) na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro (RJ), está fechando as portas e atrasando pagamentos a seus clientes. A ESA Consultoria & Tecnologia, divulgada por um de seus donos conhecido como “chinês do bitcoin” em São Pedro da Aldeia, anunciou em nota aos investidores a suspensão de suas atividades nesta semana.

Seguindo a tendência de investimentos em criptomoedas na região, a companhia usava aplicações ligadas ao bitcoin para divulgar promessas de lucros muito acima do mercado. A ESA prometia retornos mensais garantidos de 15% sobre o valor investido. No entanto, a empresa está agora suspendendo suas atividades para “respeitar os órgãos de fiscalização”.

A Região dos Lagos no Rio de Janeiro ficou conhecida recentemente por sediar esquemas de pirâmides financeiras envolvendo moedas digitais como o bitcoin. A GAS Consultoria, empresa liderada pelo ex-garçom Glaidson Acácio dos Santos, foi o foco de uma reportagem do Fantástico em agosto que apelidou Cabo Frio e arredores de “Novo Egito”.

Nota à investidores enviada pela ESA Consultoria & Tecnologia (Imagem: Reprodução)

“Em razão da instabilidade do mercado em que atuamos, especialmente em decorrência dos últimos acontecimentos amplamente divulgados que abalaram a credibilidade de empresas similares deste segmento, nos vemos obrigados a encerrar as nossas atividades.”

ESA Consultoria & Tecnologia em nota a investidores

Clientes relatam atrasos nos pagamentos

Leia Também

Os clientes da ESA já estão preocupados e alguns se queixaram que não estão recebendo seus pagamentos corretamente. O portal de notícias local RLagos revelou que recebeu diversas reclamações de investidores insatisfeitos com a empresa vinculada ao “chinês do bitcoin”.

Um dos clientes ouvidos pelo veículo afirma ter aplicado R$ 150 mil, mas que ainda não viu nenhum sinal de seu dinheiro após o anúncio de fechamento da empresa. Além disso, a ESA ainda afirmou que atua em um mercado “extremamente volátil” e de “alto risco”. A própria companhia também teria sinalizado que não terá dinheiro para pagar todos os investidores.

Bitcoin está sujeito a altas variações de valor (Imagem: Jorge Franganillo/Flickr)
Bitcoin está sujeito a altas variações de valor (Imagem: Jorge Franganillo/Flickr)

“É importante observar que, como consta no contrato firmado com cada cliente, atuamos em um mercado extremamente volátil, com alto lucro e, consequentemente, alto risco, notadamente sensível às variações sociais. Esta difícil decisão tem como objetivo, primordialmente, respeitar os órgãos de fiscalização, os quais sinalizaram acerca da possível irregularidade no funcionamento de empresas que operam de maneira semelhante e, portanto, tem como escopo obedecer às leis, que jamais foram por nós violadas.”

Segundo CNPJ, ESA seria do ramo imobiliário

A ESA Consultoria & Tecnologia teve seu CNPJ aberto em março de 2021, mas em seu registro consta que a empresa atua no ramo imobiliário, mais especificamente com “Instalação e manutenção elétrica” como atividade primária.

A companhia é associada à imagem do chinês Su Guoming, um dos três sócios da ESA, que ficou conhecido em São Pedro da Aldeia como o “chinês do bitcoin”. Trata-se de apenas uma de várias empresas de investimento em criptomoedas que estão fechando as portas na região após o escândalo envolvendo a GAS Consultoria. Além da ESA, a Alphabets, Ares Traders, Eagle Eyes, e a Decolar Investimento, todas sediadas na Região dos Lagos, fecharam as portas nos últimos meses.

Com informações: Livecoins , RLagos Notícias

“Chinês do bitcoin” fecha empresa de investimentos no RJ e atrasa pagamentos

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários