'Tela azul da morte' do Windows
Reprodução
'Tela azul da morte' do Windows

Com certeza você conhece a famosa tela azul da morte do Windows. Também conhecida pela sigla BSOD, a clássica (e temida) mensagem de erro aparece quando algo deu muito errado no computador. Ao longo de 2021,  a Microsoft vinha indicando que a característica cor azul se tornaria permanentemente preta no Windows 11, mas parece que a empresa está voltando atrás na sua decisão.

Ao longo dos anos, a Microsoft atualizou algumas vezes o visual da famosa tela azul. Mais recentemente, essa clássica mensagem de erro se tornou preta no Windows 11, uma mudança que, teoricamente, seria permanente. No entanto, na última versão de testes do sistema operacional lançada na sexta-feira (12), a BSOD voltou a ser azul.

Leia Também

A Microsoft nunca explicou o porquê de mudar a tela de erro para preto e tampouco sabemos a razão por trás dessa reversão. A novidade foi relatada inicialmente pelo site de notícias de tecnologia Ars Technica, que notou o retorno da tela azul em uma prévia do último Beta do Windows 11.

Nas informações relacionadas à nova versão de testes 22000.346 do sistema operacional, a Microsoft comenta a alteração, mas não da muitos detalhes: "Alteramos a cor da tela para azul quando um dispositivo para de funcionar ou ocorre um erro de parada como nas versões anteriores do Windows."

Nova versão do Windows 11 traz mais correções

Além da reversão na cor da tela BSOD, a nova versão de testes continua a corrigir gradualmente uma lista de bugs nos principais recursos de interface do Windows 11, como na Barra de Tarefas, menu Iniciar, Gerenciador de Arquivos, barra de pesquisa e outros. Novos recursos de bate-papo do Microsoft Teams também foram adicionados ao app para desktop.

A companhia está tentando ampliar a disponibilidade do novo sistema operacional para mais dispositivos. Um levantamento da ZDNet estima que quase dois terços dos 1,3 bilhão de computadores com Windows 10 não são elegíveis para atualizar para o Windows 11 devido as altas exigências de hardware do novo sistema e problemas de compatibilidade.

O retorno da clássica tela azul da morte no Windows 11 não é particularmente importante, mas chama a atenção a Microsoft voltar atrás na sua palavra quando já havia indicado que a cor preta seria permanente. Se você tiver sorte, a alteração não será vista tão cedo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários