Apresentação do Redmi K50 e K50 Pro
Reprodução/Xiaomi - 17.03.2022
Apresentação do Redmi K50 e K50 Pro

A Xiaomi apresentou os demais celulares da  linha Redmi K50 nesta quinta-feira (17). Entre eles, está Redmi K50 Pro, que se destaca pela câmera tripla de 100 megapixels e o processador MediaTek Dimensity 9000. Já a edição convencional chega aos consumidores com recarga rápida de 67 watts e MIUI 13 de fábrica.

A começar pela edição Pro, o celular chama a atenção pelo conjunto fotográfico triplo. Além da câmera principal de 100 megapixels, o smartphone traz outro sensor de 8 megapixels com lente ultrawide. O agrupamento também engloba mais um componente de 2 megapixels para macro.

A ficha técnica é liderada pelo processador MediaTek Dimensity 9000. Na hora da compra, o consumidor pode optar por modelos com até 12 GB de RAM e até 512 GB de armazenamento. O celular ainda possui uma bateria de 5.000 mAh com recarga rápida de 120 watts que, segundo a Xiaomi, promete ir de 0% a 100% em apenas 19 minutos.

A tela OLED de 6,67 polegadas possui resolução 2K (3200 x 1440 pixels) e proteção Gorilla Glass Victus. Além disso, o painel possui taxas de atualização de 120 Hz e de amostragem de toque de até 480 Hz. A câmera frontal de 20 megapixels, por sua vez, está posicionada em um furo na porção central do display.

Redmi K50 traz chip MediaTek na ficha técnica

O Redmi K50 é uma opção mais simples. O lançamento traz a mesma tela de 6,67 polegadas com resolução 2K da edição Pro. Mas a câmera tripla é liderada pelo sensor principal de 48 megapixels. Os demais componentes fotográficos, incluindo para selfies e chamadas de vídeos, têm as mesmas resoluções.

Leia Também

No lado de dentro, o smartphone carrega o processador MediaTek Dimensity 8100. O modelo também oferece até 12 GB de RAM, mas o teto do armazenamento é menor: 256 GB. Já a bateria é de 5.500 mAh e possui recarga rápida de 67 watts.

Os dois celulares vêm com a interface MIUI 13 de fábrica. A Xiaomi, no entanto, não informou se os celulares serão comercializados com Android 11 ou Android 12.

Preço e disponibilidade

O Redmi K50 marcou a sua estreia ao público chinês nesta semana. Na China, o celular custará entre 2.399 iuanes e 2.799 iuanes. Confira os preços sugeridos do smartphone com suas respectivas combinações de RAM e armazenamento a seguir:

  • 8 GB + 128 GB: 2.399 iuanes (cerca de R$ 1.920 em conversão direta);
  • 8 GB + 256 GB: 2.599 iuanes (R$ 2.080);
  • 12 GB + 256 GB: 2.799 iuanes (R$ 2.240).

O Redmi K50 Pro é a opção mais encorpada da dupla. Neste caso, o telefone será vendido no país asiático com até 512 GB de armazenamento e, consequentemente, preços maiores. Confira os valores a seguir:

  • 8 GB + 128 GB: 2.999 iuanes (R$ 2.400);
  • 8 GB + 256 GB: 3.299 iuanes (R$ 2.640);
  • 12 GB + 256 GB: 3.599 iuanes (R$ 2.880);
  • 12 GB + 512 GB: 3.999 iuanes (R$ 3.200).

Em meados de fevereiro, a Xiaomi também anunciou o Redmi K50G. O celular gamer chamou a atenção devido à ficha técnica avançada com o Snapdragon 8 Gen 1 e recarga de 120 watts. O smartphone, que não está à venda no Brasil, chegou ao público chinês com preço sugerido a partir de 3.299 iuanes (por volta de R$ 2.640). Não há previsão de lançamento dos celulares no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários