Tamanho do texto

Sobrecarga do roteador e interferência de outros aparelhos são alguns dos principais problemas; solução pode estar em mudanças na rede doméstica

Brasil Econômico

Perder o Wi-Fi durante um filme ou um jogo online é uma das piores experiências para os usuários de internet. Além de interromper um momento de lazer, a queda da conexão nos obriga a procurar por algum problema com cabos, modem e o roteador. Em algumas situações, o erro é causado pela operadora de telefonia, mas em outros casos, a solução pode estar em melhorias na sua rede doméstica.

Problemas com o Wi-Fi podem estar ligados à sobrecarga do roteador ou à interferência de outros aparelhos, por exemplo
Shutterstock
Problemas com o Wi-Fi podem estar ligados à sobrecarga do roteador ou à interferência de outros aparelhos, por exemplo

Leia também: Como aumentar o sinal Wi-Fi e melhorar a internet na sua televisão?

Entre os problemas mais comuns, está uma sobrecarga do roteador usado na conexão Wi-Fi e uma interferência muito grande de outros aparelhos. Pensando em ajudar os usuários que possuem problemas com a internet de casa, Rodrigo Paiva, gerente de produtos da D-Link, uma das principais empresas do mundo na área de infraestrutura de redes, separou alguns dos principais motivos para a queda da conexão. Confira:

Roteador sobrecarregado

Alguns usuários podem enfrentar uma queda na rede sem fio quando o mesmo roteador é usado para tarefas simultâneas, como em jogos online, downloads de arquivos grandes e transmissões via streaming, por exemplo. A demanda excessiva pode fazer os aparelhos falharem temporariamente.

Leia também: Saiba como encontrar internet Wi-Fi com a ajuda do aplicativo do Facebook

Neste caso, o equipamento até funciona corretamente, mas não consegue atender às necessidades da rede. Se esta for a sua situação, existe uma saída antes de reduzir o pacote de internet para pagar menos. Quando o roteador não está suportando todas as tarefas, uma boa saída é escolher um modelo para acomodar todos os dispositivos e as demandas de rede.

Sinal é fraco ou não se estende

A conexão pode cair facilmente se o dispositivo está no limite de alcance do sinal. Quanto mais longe o aparelho está do roteador, mais instável será a conexão . Uma maneira de resolver o problema é deslocar o aparelho para que ele fique mais próximo da fonte do sinal, mas em muitos casos a mudança não é possível. Assim, trocar o roteador para um com alcance maior pode ajudar. Outra alternativa é adicionar um repetidor de sinal com tecnologia Powerline. Os aparelhos desse tipo usam a rede elétrica para levar o sinal de internet para outro ambiente.

Muita interferência na rede

O roteador não é o único equipamento doméstico que emite sinais. Itens como micro-ondas, televisões e telefones sem fio emitem sinais que podem interferir na rede quando estão sendo usados. A solução ideal é manter equipamento de rede distante destes aparelhos, mas se a única saída é colocá-lo ao lado de algum deles, pense em alterar a frequência. Os dispositivos compatíveis costumam oferecer a banda padrão de 2,4 GHz e a menos movimentada, de 5 GHz.

Leia também: Como mudar a senha do Wi-Fi e manter a conexão sem fio em segurança

Firmware ou drives sem atualização

Os computadores conseguem se conectar à rede Wi-Fi por meio de um driver de dispositivo. Ao mesmo tempo, o roteador cria o sinal com base em seu firmware. Os drivers de rede e o firmware podem afetar a conexão de rede se exigirem uma atualização. Por isso, é importante verificar se foram disponibilizadas atualizações de drivers em seu computador e instalar o novo firmware para o roteador. O arquivo costuma ser oferecido no site da fabricante do aparelho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.