Tamanho do texto

Para ele, jogo é forma de se conectar com as pessoas e manter a mente ativa

Olhar Digital

Chen San-Yuan, um senhor de 70 anos que vive em Taiwan, é um exemplo de como levar um hobby a sério. Fanático por Pokémon Go , ele já tinha se tornado famoso cerca de um ano atrás, quando foi visto pedalando pelas ruas com nada menos que seis smartphones presos à sua bicicleta, visitando Pokéstops e colocando iscas para atrair os monstrinhos virtuais.

chinês jogando pokemon go arrow-options
Reprodução/Channel News Asia
Senhorzinho começou a jogar Pokémon Go com 6 celulares e, agora, já tem 30 aparelhos conectados para não perder nenhum bichinho pelo caminho

Agora, Chen resolveu dar um “level up” em seus equipamentos. O setup mais recente inclui nada menos do que 30 smartphones em uma estrutura presa ao guidão, todos ligados a Power Banks na cesta da bicicleta. Sua dedicação ao jogo chamou a atenção da ASUS, que o tornou um dos embaixadores da linha de smartphones Zenfone e doou 22 aparelhos Zenfone Max Pro.

Leia também: Conheça o 'Harry Potter: Wizards Unite', jogo inspirado no Pokémon Go

Um detalhe: Chen não coloca todos os seus smartphones na bicicleta. Em vez disso, leva apenas os que tem contas no jogo com nível 30 ou superior. Ou seja, ele tem ainda mais aparelhos em casa, esperando um aumento de nível.

O idoso adota uma estratégia de jogo “pacifista”, e evita desafiar outros jogadores ou tentar tomar ginásios (o que, com tantas contas num só lugar, seria bem fácil) porque “isso fere os sentimentos dos outros”. Para ele, o Pokémon Go é uma forma de se conectar com pessoas nas ruas da cidade, bem como manter sua mente ativa para prevenir doenças como o Mal de Alzheimer.

Fonte: Channel News Asia, Mashable