Tamanho do texto

Qualquer brasileiro maior de 18 anos pode dar um lance até às 21h do dia 30 de julho; entenda como funciona o leilão dos produtos apreendidos

Olhar Digital

A Receita Federal de São Paulo está leiloando alguns produtos apreendidos no aeroporto de Viracopos, em Campinas. Tem bastante coisa: smartphones, caixa de som e fones de ouvido estão entre o que mais se destaca para receber lances. Mas há também outros dispositivos como pen drives, discos rígidos e placas de vídeo.

iPhone 6 Receita Federal arrow-options
Reprodução/Receita Federal
Receita Federal leiloa iPhone 6 na caixa por R$ 300, sendo que aparelho custa em torno de R$ 1.700

Qualquer pessoa com mais de 18 anos e CPF válido pode enviar lances de compra até às 21h do dia 30 de julho. São 235 lotes disponíveis para receber ofertas. Em um deles - aberto para pessoas físicas - conta com duas unidades do iPhone 6, da Apple, de 16 GB, com valor inicial de 300 reais.

Apesar de ter sido oficialmente descontinuado pela marca, ainda é possível encontrar o smartphone no varejo por cerca de R$ 1700. Outro lote que também oferta iPhones 6 com 16GB, 64GB e 128GB de armazenamento interno, tem lance mínimo de 400 reais.

Alguns lotes ficam abertos apenas para lances de Pessoas Jurídicas. Para quem tem a opção de entrar no pregão através de uma empresa, as oportunidade são ainda maiores.

Leia também: Será que vale a pena comprar um iPhone? Faça o teste e descubra

O pregão da Receita Federal é dividido em duas etapas. Primeiro, os participantes fazem uma proposta de valor de compra no site da Receita Federal até às 18h do dia 29 de julho. Passa para a segunda fase aqueles que derem lance até 10% menor do que a melhor proposta.

Se, por exemplo, um lote alcançar uma proposta máxima de R$ 1.000, somente aqueles que deram lances acima de R$ 900 poderão participar do pregão online, que acontece no dia 31 de julho, às 10h.

Vale lembrar que a Receita Federal não se responsabiliza pelo frete dos produtos. Ou seja, é preciso retirar a compra no local ou contratar alguma empresa que faça o transporte. Devoluções não são aceitas e os aparelhos não têm qualquer garantia contra defeitos.

Por último, se você estiver mesmo interessado em participar do leilão , é preciso adquirir um certificado e-CAC no próprio site da Receita Federal.